Archive for the ‘Curiosidades’ Category

Harley do Papa vai a leilão

sexta-feira, janeiro 17th, 2014

17-01-2014-1

Parece estranho isso, mas o título está certo. O Papa Francisco ganhou uma Harley-Davidson Dyna Super Glide da fábrica quando as comemorações dos 110 anos da marca passaram por Roma.

Pois bem, como sua santidade não pretende rodar de H-D por aí, a moto deverá ir a leilão no próximo dai 6, em Paris.

A moto, na verdade, já havia sido doada para caridade pelo pontíficie. O valor arrecadado pelo leilão irá para a Caritas Roma, associação que arrecada fundos em nome da Igreja Católica. O dinheiro servirá para renovar o albergue Don Luigi di Liegro, situado próximo à estação de trem de Termini, em Roma. Aberto há trinta anos, o local oferece abrigo e alimentação para mais de 1.000 pessoas sem teto e sem emprego todos os dias.

Não existe nenhum valor estimado para o leilão, mas o pessoal da Bonhams, responsável pela venda, está animado e otimista. Não tenho dúvidas de que será arrecadado um valor alto para essa bela H-D com crivo papal.

Até a próxima.

Brasil sorriu para a Triumph em 2013

quinta-feira, janeiro 9th, 2014

09-01-2014-1

As vendas de motos no Brasil caíram em 2013. Isso é um fato, colega motoqueiro. Os motivos são muitos, desde medo de roubos e furtos até dificuldade de crédito. Quem sofreu foi o segmento de motos pequenas e utilitárias, responsável por mais de 50% de todo mercado nacional.

Porém, as marcas de “luxo” e os segmentos de motos médias e grandes viram as vendas irem muito bem, obrigado. E se tem uma montadora que comemorou, essa foi a Triumph.

A ascensão da Triumph no Brasil foi rápida. A tradicional fabricante britânica de motocicletas desembarcou no mercado brasileiro em outubro de 2012 e, com pouco mais de um ano, já aumentou a produção por conta da elevação da demanda, bateu metas de vendas e duplicou a linha de modelos.

Chegou apenas com três modelos fabricados em Manaus: a Tiger 800 XC, a Speed Triple e a espetacular Bonneville T100. Hoje, pouco mais de um ano depois, a marca já conta com 12 modelos no portfólio.

E mais: a estimativa era vender 2.500 unidades até o inicio de 2014. Em dezembro de 2013, mais de 2.900 unidades já estavam nas ruas. Tanto que, para este ano, a meta subiu para 3.500 unidades. Alguém aí duvida que os ingleses conseguem? Se depender de mim, espero que pelo menos tenha uma Bonneville a mais nas ruas em 2014…

Até a próxima.

Honda prepara a moto em linha mais barata do mundo para mercado nigeriano

terça-feira, dezembro 17th, 2013

17-12-2013-1

Motoqueiros brasileiros, nossos colegas nigerianos receberão uma novidade e tanto. A Honda apresentou a CG 100 cc para o mercado de lá num preço pra lá de convidativo: US$ 630 (cerca de R$ 1.500).

Apesar do nome, ela em nada lembra a linha CG vendida aqui, nem em visual e nem em mecânica. A ideia é que por lá seja uma moto muito acessível, econômica e durável.

Com a utilidade voltada para uso urbano, a CG 110 passa a ser a moto de linha mais barata do mundo que não seja scooter. O conjunto da moto é bem simples, com freio a tambor em ambos os eixos. Além da CG 110, a Honda fez mudanças nos modelos CB 125 e CB 125-D, que também possuem propostas utilitárias no país africano.

Nada mal importar essa proposta pra cá, hein?

Até a próxima.

Triumph inaugura segunda loja em São Paulo

quarta-feira, novembro 27th, 2013

27-11-2013-1

Esta semana, colegas fanáticos pela Triumph, uma nova concessionária da marca foi inaugurada em São Paulo.

Chamada de Autostar Triumph, essa é a nona loja da montadora, que conta com revendas em Ribeirão Preto (SP), Porto Alegre (RS), Brasília (DF), Curitiba (PR), Belo Horizonte (MG), Rio de Janeiro (RJ) e Florianópolis (SC), além de outra já em São Paulo.

A nova loja, assim como as demais do mundo, conta com showroom e oficina completa. Essa unidade venderá os nove modelos atuais da marca no Brasil, mas em 2014 incluirá os demais modelos confirmados, totalizando 15. Além, claro de roupas e acessórios originais.

A inglesa não para de crescer e veio mesmo pra ficar.

Até a próxima.

Little Cub 55 comemora aniversario da moto mais vendida do mundo

quinta-feira, novembro 21st, 2013

21-11-2013-11

Muito dos colegas das duas rodas aí aprenderam a andar de moto nas antigas “cinquentinhas”, pequenas cubs de 50 cc. Cub é um tipo de precursor do scooter: ainda menor e de uso especificamente urbano.

Pois bem, há 55 anos a Honda lançava sua primeira cub: a Super Cub C 100, a moto mais vendida da história da indústria, com mais de 85 milhões de modelos comercializados ao redor do mundo. Por isso, a montadora preparou um modelito especial pra comemorar, chamado Little Cub 55.

A nova Little Cub mantém visual tradicionalíssimo, mantendo o visual as cub originais dos anos 60. Disponível em duas cores, vermelho e preto, ela traz um monocilíndrico de 49 cc. Com injeção eletrônica, a moto faz média de consumo de 113 km/l, a uma velocidade de 30 km/h, diz a empresa.

Dificilmente essa motinha chegará ao Brasil, sua velocidade é muito baixa pro trânsito daqui em cidades grandes e não tem público pra tal. Mas que é um charme puro, isso é. Concorda?

Até a próxima.

10 estados brasileiros têm mais motos que carros nas ruas

sexta-feira, novembro 1st, 2013

Colega motoqueiro, você viu essa? Em dez estado brasileiro, as motos já são maioria no trânsito.

Os estados se concentram nas regiões Centro-Oeste, Norte e Nordeste do país. No Acre, Ceará, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Paraíba, Piauí, Rondônia, Roraima e Tocantins a frota de motos é maior que a frota de automóveis. No Maranhão, estado com maior porcentagem de motos, as duas rodas representam 63% da frota total nas ruas.

A informação foi dada pelo jornal O Estado de São Paulo, junto com dados do Abraciclo e do Denatran-SP. Segundo o jornal, o motivo da queda de vendas nas regiões Sul e Sudeste foi a saturação do mercado e os altos valores

Nenhuma cidade brasileira foi pensada para ter motos, mas outro dado é interessante de se pensar sobre isso: nos estados em que mais ocorrem acidentes de moto tanto em números absolutos quanto proporcionalmente, São Paulo e Rio de Janeiro, não estão nessa lista (apesar de, em números absolutos, São Paulo tem a maior frota do país, obviamente).

Até a próxima.

Nada de pé de chinelo

sexta-feira, setembro 27th, 2013

27-09-2013-1

(Não é só questão de estilo)

Colega motoqueiro, você não precisa ter uma bota profissional de R$1.000, mas bom senso é sempre bom. Digo isso porque você talvez não tenha ideia de como tem gente que ainda pilota moto de chinelo.

Tudo bem que para dar uma voltinha “daqui até a padaria” quando estamos na praia de férias, ningué vai colocar todo o equipamento que usou na viagem (não sejamos hipócritas aqui). Mas o que custa colocar um tênis, ainda que seja do fuleiro?

Para moto, é importante que o calçado seja de cano alto. Para uso diário, cobrindo o tornozelo é suficiente. Para estradas e  caminhos mais longos, é importante uma bota de cano mais alto, com proteção específica e, de prefrência, sem cadarço.

Motivo? Eles podem enroscar onde você realmente não quer. Mas existem modelos com cadarços bons e seguros? Claro que sim, mas, de modo genérico, semc adarço não tem erro.

De toda forma, não importa se você optou por um modelo de bota de R$200 ou de R$1.000, jamais, nunca, nem sob decreto, saia pilotando por aí de chinelo. Nem para ïr só ali, rapidinho, tá mó calorzão e pega nada…”. Nunca, entendeu?

Até a próxima.

Venda de scooters cresce 800% em 5 anos no Brasil

segunda-feira, setembro 16th, 2013

16-09-2013-1

A gente canta a bola faz tempo, colega motoqueiro: scooters são as melhores alternativas para mobilidade urbana. Não a toa que é o segmento que mais cresce no país: 800% em 5 anos!

E estamos falando de um mercado que está deixando de crescer: de motos utilitárias 0 km.

Um bom scooter tem tudo para agradar quem quer uma moto cotidiana: bebe pouco, não é cara, é pequena e fácil de pilotar, é automática e, cada vez mais, é bem estilosa. Sem contar que hoje existem opções: Dafran, Honda, Yamaha, Kasinski, Amazonas, Suzuki, Dafra…

Ah, mas você quer um motor mais parrudo? Maxiscooter pra você! Ainda que não tenha a mobilidade e agilidade de uma “vespinha” normal, elas encaram o dia a dia numa boa e ainda são ótimas para aquela viagem no fim de semana. De 400 cc a 800 cc, é motor e conforto pra motoqueiro nenhum botar defeito.

Se você está pensando em abandonar o carro ou o transporte público para trabalhar e ganhar tempo com isso, o scooter pode ser um grande investimento. Mas fica aqui uma dica: repare no tamanho da roda dianteira, quanto maior, melhor.

O motivo é simples: com rodas pequenas e nas ruas brasileiras, o conforto vai ficar comprometido. O tamanho diminuto da motoca e o amortecedor de curso curto vão transferir para seus braços muitos impactos e solavancos.

Aposte nessa mobilidade e depois me conte.

Até a próxima.

AGV traz ao mercado nacional as novas réplicas dos cascos de Valentino Rossi

segunda-feira, setembro 9th, 2013

09-09-2013-1

(Corsa à esquerda e os dois modelos disponíveis para o Pista GP no centro e à direita. Todos com grafismos usados por Rossi)

Motoqueiros fanáticos por esportivas velozes, essa é pra vocês. A AGV, conceituadíssima marca de capacetes italiana, traz para o Brasil os novos modelos de Valentino Rossi (principal garoto-propaganda da empresa).

Os modelos são o Pista GP, em fibra de carbono, e o Corsa, modelo tricomposto. Como todos os produtos da marca, eles foram desenvolvidos pensando em segurança e desempenho extremo.

As principais mudanças é o visor 15% maior e o aerofólio removível traseiro que melhor a aerodinâmica em velocidades acima de 200 km/h (só faça isso em pistas permitidas).

Segundo a representante da marca no Brasil, a BRMotorsport, os projetos carregam o conceito Extreme Standard Helmets e o processo de desenvolvimento começa de dentro para fora. Ou seja, os quatro tamanhos de casco disponíveis contam com revestimento interno ajustável, o que traz maior conforto ao motociclista.

O modelo Pista GP é projetado para o uso em circuitos fechados, enquanto o Corsa é o modelos de rua. Ambos trazem grafismos usados pelo multicampeão, sendo uma opção para o Corsa e duas para o Pista GP (veja na foto) e custam a “bagatela” de R$ 3.690 e R$ 3.990, respectivamente.

Infelizmente a AGV só projeta capacetes para uso extremamente esportivo. Seria legal ter cascos dessa qualidade para outros conceitos e propostas.

Até a próxima.

Um encontro maluco para motoqueiros malucos

sexta-feira, agosto 23rd, 2013

23-08-2013-1

Apenas um participante “normal” do Mad Bastard Scooter Rallye

Colega motoqueiro, quase todos nós gostamos de uma farra entre amigos das duas rodas. Mas no Canadá, um encontro reúne os mais estranho e malucos tipos para um “corridinha amistosa”.

Trata-se do Mad Bastard Scooter Rallye (algo como “rali maluco e bastardo de scooter” – dá pra sentir o nível). São “pilotos” das mais diversas estirpes correndo 850 ao redor do lago Ontário, no Canadá, com scooters de 50 cc customizadas. E fantasiados. E, em geral, embriagados (não tente fazer isso em casa).

Criado em 2004, o evento bienal surgiu, segundo os idealizadores, depois de precisar fazer um teste de longa duração com uma Honda Ruckus. Após algumas garrafas de uísque vazias, surgiu a ideia de percorrer 850 km ao redor do lago. Mas, “inspirados” pelo uísque, parecia ser uma boa ideia aceitar participantes fantasiados e scooters customizados de forma bizarra…

Na edição de 2013, nada menos que 99 participantes deram a largada. Apenas 76 cruzou a linha de chegada. O evento, que dura um fim de semana, conta festa, comidas e (muitas) bebidas e premiações diversas, como pro motoqueiro mais doidão e o scooter mais criativo.

Confira esse site com mais de 700 fotos. Mas, esteja pronto: só tem maluco!

Quem topa ir pra lá em 2015? Mandem contatos! Rs

Até a próxima.