Archive for julho, 2010

KTM vislumbra setor de motos populares

sexta-feira, julho 30th, 2010

A austríaca KTM é uma fabricante que está muito ligada ao esporte, seja por suas motos ou carros de cktm-logo-1ompetição. Mas não é só deste nicho que a empresa pretende viver.

Sob administração da indiana a Bajaj Auto Ltd, a KTM pretende entrar de cabeça no setor de motos populares, começando pelos mercados emergentes - onde o Brasil se enquadra.

Normalmente montadoras indianas e chinesas sofrem um certo preconceito no mundo das duas rodas, mas vale lembrar que a entrada da Bajaj no mercado popular se dará junto com a “grife” KTM, que certamente estará de olho no projeto e garantirá mais confiabilidade no produto final.

Fonte: MotorDream

Kasinski Mirage 650

quarta-feira, julho 28th, 2010

mirage650

Estrela da linhagem Kasinski, a Mirage 650 oferece um visual agressivo que foge do lugar comum das linhas custom de média cilindrada.

Como destaque, o assento em dois níveis, pedaleiras ajustáveis em duas posições, guidão não muito aberto e espelhos retrovisores bem posicionados, que facilitam a dirigibilidade e geram maior conforto ao motoqueiro.

Ficha Técnica: Kasinski Mirage 650

Motor: DOHC, 647 cm³, dois cilindros em V, quatro tempos, refrigerado a água.
Potência máxima: 80,7 cv a 9.250 rpm.
Torque máximo: 6,9 kgfm a 7.250 rpm.
Transmissão: Câmbio de cinco velocidades com transmissão final por correia dentada.
Suspensão: Garfo telescópico invertido com regulagem e 126 mm de curso na dianteira; balança bichoque ajustável, com 130 mm de curso na traseira.
Freios: Disco duplo de 300 mm de diâmetro com pinça de dois pistões fixado radialmente (dianteiro); Disco simples de 260 mm de diâmetro com pinça de dois pistões (traseiro).
Rodas e pneus: 120/70-ZR 18 na dianteira e 180/55-ZR 17 na traseira.
Dimensões: 2.430 mm de comprimento, 840 mm de largura e 1.155 mm de altura. Entre-eixos 1.665 mm, 160 mm de altura pro solo e 675 mm de altura do assento para o solo.
Peso: 167 kg.

Fonte: Infomoto

Motoqueiro: se liga na inspeção veicular!

segunda-feira, julho 26th, 2010

O balanço do mês de junho da Inspeção Veicular fechou com alto índice de reprovação para os veículos com placa final 3.

De todos os veículos as motos foram as que tiveram mais índice de abstenção e reprovação. Somente 26,7% das motos esperadas passou pela inspeção e cerca de 29% destas motos que compareceram foram reprovadas.

Se você não realizou ainda a inspeção veicular fique atento. O Comando de Policiamento de Trânsito da Polícia Militar e a Secretaria do Verde e do Meio Ambiente estão desenvolvendo ações conjuntas para intensificar a fiscalização.

Para se ter uma ideia, do último comando realizado pela PM, das 684 motos que foram paradas, 21 apresentavam irregularidades (sem inspeção) e foram multadas em R$ 550 cada.

A partir de agora serão realizados quatro comandos permanentes, por semana, em diferentes zonas da cidade. Vale lembrar que as motocicletas com motor de 2 tempos são as que devem realizar a inspeção.

Confira o calendário abaixo e fique atento as datas!

calendarioinsp

Fonte: Folha de São Paulo

Velas, melhor prevenir do que remediar

sexta-feira, julho 23rd, 2010

Já cansamos de falar por aqui que a manutenção periódica das motos é algo fundamental para evitar acidentes e moto-velasprejuízos ao bolso do motociclista. Hoje a dica vai para ajudar a estar em dia com um importante componente: a vela.

As condições da vela devem ser verificadas a cada três mil quilômetros, ou de acordo com as instruções do manual do fabricante. A forma de condução e procedência do combustível são dois itens que podem mudar bastante a durabilidade da peça.

Quando o equipamento está no fim de sua vida útil, a moto pode apresentar problemas na partida, no rendimento do motor, na correta emissão de poluentes e no consumo de combustível.

Vale ressaltar que a manutenção preventiva tem um custo bem menor do que uma possível substituição de componentes avariados por conta do desgaste excessivo das velas de ignição

Fonte: Motovrum

Regal Raptor Black Jack

quarta-feira, julho 21st, 2010

blckjack

De design exótico, fabricação chinesa (Regal Raptor) e sem suspensão traseira. Exceto pelo visual - que pode ser considerado bonito ou feio dependendo do ponto de vista - a Regal Raptor Black Jack possui características que não atrai muito os fãs das duas rodas.

Com estilo minimalista a moto é uma opção diferente para aqueles que querem passar na rua e ser notado, e só. Confira mais alguns dados sobre a máquina.

Ficha Técnica:

Motor: Dois cilindros em linha, 320 cm3 duas válvulas por cilindro, OHC, refrigeração líquida
Transmissão: Cinco marchas, por corrente
Potência: 22,8 cv a 8.000 rpm
Suspensão: Garfo telescópico na dianteira; Hard Tail na traseira, com amortecimento no assento
Freios: Disco duplo com 300 mm e duplo pistão (dianteiro) e disco simples 240 mm e duplo pistão (traseiro)
Dimensões: 2.400 mm de comprimento, 830 mm de largura e 1.150 mm de altura. Entre-eixos de 1.680 mm
Chassi: Berço duplo
Peso: 160 kg
Cores: Preta
Preço: R$ 15.580

Fonte: Infomoto

Em época de férias, viaje tranquilo!

segunda-feira, julho 19th, 2010

Julho é época de férias escolares e de aproveitar uma folguinha na empresa para pegar a estrada. Mas para o passeio não virar um pesadelo é preciso verificar vários itens das motos, seguindo a velha máxima: é melhor prevenir do que remediar.viagemmotos2

1-) Filtros de ar, óleo e combustível: devem ser checados regularmente.

2-) Velas e cabos: sofrem desgaste com o uso e podem comprometer o desempenho do motor.

3-) Amortecedor: item de segurança que garante a estabilidade do veículo em curvas, deve ser trocado quando apresentar sinais de desgaste.

4-) Freios: verificar o estado do disco, lonas e pastilhas e fazer a troca de acordo com a recomendação do fabricante.

5-) Bateria: fazer a checagem para evitar panes inesperadas.

E lembre-se, leve sua máquina até um mecânico de confiança para que o barato não saia caro no final.

Fonte: G1

Kawasaki Ninja ZX-14

sexta-feira, julho 16th, 2010

ninjazx14

Criada inicialmente para bater recordes de velocidade, agora a topo de linha Kawasaki Ninja ZX-14 chega ao país para mostrar que ela vai muito além da potência. A nova máquina é mais um produto que a Kawasaki traz ao país, tornando a cada ano sua linha Ninja mais presente no Brasil.

Vale uma menção ao painel em LCD, com indicador de marchas e shift-light. Outro detalhe interessante é o torque máximo de 15,7 kgfm a 7.500 rpm, capaz de em uma prova de arrancada deixar uma poderosa Ferrari Enzo para trás.

Ficha Técnica:

Motor: 4 tempos, 4 cilindros em linha, refrigeração líquida
Cilindrada: 1.352 cc
Diâmetro x curso: 84,0 x 61,0 mm
Taxa de compressão: 12,0:1
Sistema de válvulas: DOHC, 16 válvulas
Potência máxima: 142,0 kW (193 CV) / 9.500 rpm
Potência máxima com RAM Air: 149,5 kW (203 CV) / 9.500 rpm
Torque máximo: 154 N•m (15,7 kgf•m) / 7.500 rpm
Sistema de combustível: Injeção eletrônica
Sistema de partida: Partida elétrica
Transmissão: 6 velocidades, mudança por retorno
Sistema de embreagem: Multidisco, banhado à óleo
Tipo de quadro: Monocoque em alumínio
Inclinação: / Trail 23º / 94 mm
Suspensão dianteira: Garfo invertido de 43 mm com compressão, retorno e pré-carga da
mola ajustáveis
Suspensão traseira: Uni-Trak com amortecedor a gás, com compressão, retorno e précarga da mola totalmente ajustáveis
Curso da suspensão dianteira: 117 mm
Curso da suspensão traseira: 122 mm
Pneu dianteiro: 120/70ZR17M/C (58W)
Pneu traseiro: 190/50ZR17M/C (73W)
Freio dianteiro: Disco duplo de 310 mm em forma de pétala, pinça dupla de fixação
radial com 4 pistões opostos (ABS)
Freio traseiro: Disco simples de 250 mm em forma de pétala, pinça com 2 pistões
opostos
Dimensões C x L x A: 2.170 mm x 760 mm x 1.170 mm
Capacidade do tanque: 22 litros
Peso em ordem de marcha: 257 kg / 261 kg (ABS)
Cores: Metallic Diablo Black
Preço: R$ 62 mil

Fonte: Infomoto e Kawasaki

4º Encontro de Motociclistas da Estância Turística de Salto

quarta-feira, julho 14th, 2010

Se você está de férias (ou não), é amante do rock ‘n roll e apaixonado por motos não pode deixar de prestigiar um dos maiores eventos do gênero do interior de São Paulo.encontromotoqueiros

O 4º Encontro de Motociclistas da Estância Turística de Salto, reúne todos os anos motociclistas de diversas localidades e muitos grupos musicais. Desta vez, o encontro ocorre às margens do Rio Tietê, no recém inaugurado Pavilhão das Artes.

Estima-se que cerca de 7 a 10 mil pessoas deverão comparecer para acompanhar a exposição de acessórios, praça de alimentação e apresentações de bandas de rock.

Serviço:

Quando: dias 17 e 18 de julho
Onde: Pavilhão das Artes - localizado na entrada da cidade pela Rodovia da Convenção
Horário: a partir das 12h

Fonte: R7

BMW apresentará ao mercado europeu duas novas máquinas

segunda-feira, julho 12th, 2010

novabmw

Ùltimamente as máquinas da BMW estavam aparecendo nos noticiários mais por seus problemas (convocações de recall) do que pelas suas qualidades. Hoje é diferente.

A montadora alemã ganha os noticiários por anunciar duas novas máquinas que devem chegar ao mercado europeu muito em breve: K1600GT e K1600GTL

Ambas as motocicletas têm motor de 1.600 cc capaz de gerar 160 cv com torque máximo 17,8 kgfm.

A BMW K 1600 GT é confortável mesmo em longas viagens, graças a sua boa ergonomia e a posição de seu guidão. Em relação aos equipamentos de série esta motocicleta traz tudo o que uma moto desta categoria exige: faróis bi-xenon, computador de bordo, controle de cruzeiro etc.

K 1600 GTL: Tem o mesmo padrão que o modelo K 1600 GT, mas ganha a adição de um sistema de áudio e um sofisticado sistema de transporte de bagagem.

Fonte: Motor Dream

Ducati Hypermotard 796

sexta-feira, julho 9th, 2010

ducatihypermotard

Potencializando o conceito de oferecer uma pilotagem ágil e divertida a Ducati “cria” um novo conceito para as supermotard: Hypermotard.

Recém-chegada ao país, a Ducati Hypermotard 796 vem equipada com um “coração” potente, o propulsor Desmodue que permite a máquina a chegar aos 200km/h com muita potência e tranquilidade.

Não importa se o motociclista é iniciante ou mais experiente, vai curtir pilotar a dócil Hypermotard 796. A Ducati Hypermotard traz ainda um design pra lá de ousado, composto por para-lama integrado ao farol, guidão com protetores de mão e painel digital compacto e completo

Ficha Técnica: Ducati Hypermotard 796

Motor: Dois cilindros em “L” (V a 90º), 803 cm³, duas válvulas por cilindro, comando desmodrômico e refrigeração a ar.
Potência máxima: 81 cv a 8.000 rpm.
Torque máximo: 7,7 kgfm a 6.250 rpm.
Câmbio: Seis marchas e transmissão final por corrente.
Alimentação: Injeção eletrônica; partida elétrica.
Quadro: Treliça de aço.
Suspensão: Dianteira por garfo telescópico invertido de 43 mm de diâmetro, com 165 mm de curso; monobraço traseiro de alumínio com amortecedor Sachs regulável na précarga e retorno com 141 mm de curso.
Freio: Dianteiro com disco duplo de 305 mm de diâmetro e pinça de quatro pistões fixada radialmente; traseiro por disco simples de 245 mm de diâmetro com pinça de dois pistões.
Pneus: 120/70-ZR17 (dianteiro)/ 180/55-ZR17 (traseiro).
Dimensões: 2.120 mm (comprimento); 1.155 mm (altura); 1.455 mm (entre-eixos); 825 mm (altura do assento).
Peso: 167 kg a seco.
Tanque: 12,4 litros.
Preço: R$ 42.900

Fonte: Infomoto