Archive for outubro, 2010

Capacetes permitidos para uso de condutores e passageiros de Motocicletas

sexta-feira, outubro 29th, 2010

Todos sabem que o uso do capacete é obrigatório, porém ainda existem algumas dúvidas em relação aos tipos permitidos. É necessário que os capacetes estejam de acordo com o regulamento feito pelo Inmetro.

Além do regulamento, existem exigências feitas pelo Conselho Nacional de Trânsito, o Contram. Essas dizem que a fabricação tem que estar de acordo com a norma brasileira NBR 7471. O Inmetro então tem o dever de verificar a conformidade do produto, se este atende ou não a lei.

Além de estarem de acordo com o a lei, os capacetes passam por diversos e rigorosos testes de segurança. São quatro os modelos regulamentados de capacetes para motocicletas. O integral (fechado), o misto (queixeira removível), o modular (frente móvel) e o aberto, sem a queixeira (proteção para o queixo). E devem conter na parte de trás o selo com os logos do Inmetro e do OCP - Organismo de Certificação do Produto.

O famoso “coquinho”, apesar de charmoso não é regulamentado e não atende à legislação em vigor, que trata as questões de segurança. Os capacetes regulamentados têm o seu berço interno protegido com uma camada espessa de isopor, espuma e tecido antialérgico, que permitem maior absorção do impacto, em caso de queda.

Os chamados “coquinhos” têm, no seu interior, um sistema de retenção que não oferece segurança ao usuário. Caso o condutor da motocicleta esteja usando este tipo de capacete, estará sujeito a multas.

Triumph Speed Triple

quarta-feira, outubro 27th, 2010

O modelo Triumph Speed Triple ficou famoso, graças a sua aparição nas cenas de ação de um dos filmes da famosa franquia Missão Impossível. As cenas de manobras radicais interpretadas por Tom Cruise, tornaram a moto em sensação.

Agora quem teve muito trabalho foram os projetistas, que deveriam redefinir esse, que é um modelo ícone da marca, a Speed Triple com faróis duplos. No novo modelo, os faróis permaneceram deixando o visual da moto mais moderno e agressivo.
O modelo conta com uma roda traseira nova, e os novos aros além de novos diminuem o peso do conjunto. A moto está 3 kg mais leve em relação ao modelo 2010,e mais forte.O motor de 1050 cm3 e três cilindros em linha também recebeu ajustes na centralina (ECU). O propulsor também está mais potente, agora produz 135 cv, sete a mais, e o torque também cresceu para 12,92 kgfm.

Além de deixar a moto mais bonita, mais potente e mais leve, a ciclística foi aprimorada. Agora a tarefa de “atacar” as curvas com exatidão está ainda mais fácil para a Speed Triple 2011.

O quadro de alumínio é totalmente novo e com isso foi possível deslocar o motor mais à frente, deixando uma maior concentração de massa.Para que o piloto sinta mais segurança e facilite a pilotagem, o banco ficou mais baixo. Os painéis laterais assim como o painel de instrumentos receberam mudanças leves, mas que deixam o modelo ainda mais atual.

A Speed Triple tem uma extensa lista de opcionais e acessórios, que vão desde uma bolha aerodinâmica até mesmo escapamentos esportivos da grife Arrow, além de malas personalizadas.

Antes criticado, o sistema de freios melhorou, agora é oferecido ABS, e houve um aprimoramento no sistema em geral. O modelo chega às concessionárias européias em dezembro e o preço ainda não foi definido pela marca inglesa. Por aqui ainda não se sabe quando chegará, porém o modelo vem com força para superar as expectativas.

4 Novos modelos Kawasaki

segunda-feira, outubro 25th, 2010

Houve uma recuperação no mercado brasileiro de motos ao longo do ano, por isso a Kawasaki resolveu aproveitar e introduzir quatro novos modelos no país. Com o intuito de aumentar sua presença no segmento de motos Premium, lançou o modelo top de linha ZX-14. Além do modelo, lançou outros três, a ER-6n, a Z1000 e a Versys.


A empresa pretende ainda esse ano apresentar mais novidades, além de em breve já apresentar também os modelos da linha 2011. Comemorando dois anos de operações no Brasil, neste mês e um ano de produção nacional na fábrica da marca em Manaus, a Kawasaki têm muito o que comemorar..

Nos primeiros nove meses do ano o segmento de motocicletas de média cilindrada (entre 200 cc e 450 cc) somou um total de 119.006 emplacamentos. Destes, 3.471 unidades correspondem aos modelos da Kawasaki, o que significa um participação no mercado de 2,9% nesse segmento. Já entre os modelos de alta cilindrada (acima de 450cc), houve um total de 28.285 unidades emplacadas. Dessas, 3.137 foram da marca Kawasaki, o que significa uma participação de 11% nesse segmento.

“A Kawasaki foi a marca que mais apresentou lançamentos importantes na sua linha 2010. Para atender o cada vez mais exigente consumidor brasileiro, modelos de alta sofisticação como a Z1000 são importados, enquanto modelos como a ER-6n já são produzidos em volume na fábrica da Kawasaki no Pólo Industrial de Manaus”, revela Ricardo Suzuki, gerente de marketing.

Nova BMW S1000RR Curare

sexta-feira, outubro 22nd, 2010

O novo nome dado ao modelo da BMW S1000RR pela Wunderlich chamou a atenção de muitos por causa de suas raízes brasileiras. Curare é um veneno paralisante que pertence a uma planta brasileira.

A moto combina diferentes conceitos, iniciando com o nome “venenoso”, a comodidade foi melhorada, e também sua cor. Essa combinação formou uma moto além de bonita confortável, em diferente.

A parte estética se completa com novas carenagens laterais, posição de dirigir ligeiramente mais alta que de motos naked, parabrisas maior e assento antiderrapante com preenchimento em gel.

A mecânica também foi melhorada, o sistema de escape passa a contar com uma ponteira de titânio de menor dimensão que Akrapovic de série, outros componentes agora são em fibra de carbono, o que melhora a aceleração devido a redução de peso no modelo.

O número 25 na parte dianteira é uma homenagem ao aniversário dos preparadores Wunderlich, dando um toque comemorativo.

Fonte: Motor Dream

Divulgada a imagem do modelo da nova Triumph Tiger 800XC

quarta-feira, outubro 20th, 2010

Na primeira imagem divulgada pela Triumph Tiger 800 XC, o que mais chamou a atenção foi a nova “roupagem” voltada para o off-road, que é o que significa a versão XC.

A apresentação oficial do modelo deve ocorrer no Salão de Milão, e assim teremos maiores informações sobre a mesma. Certo é que a versão mais básica será equipada com pneus de 19″, enquanto a mais completa será equipada com pneus de 21’’.

Até onde se sabe o motor será derivado da desportiva Daytona 675 que passará a apresentar uma cubicagem de 800 cc, disponibilizando menos potência máxima mas um maior binário para enfrentar os obstáculos que os motociclistas poderão encontrar nas suas experiências off-road.

Outras informações são de que, é esperada uma potência de 10 a 15 cv, além do peso que será por volta dos 200 kg.

A imagem mostra alguns acessórios que a marca terá no novo modelo: são essas uma proteção de plástico para o guarda-lamas superior, um escape Arrow, e uma proteção de maiores dimensões para o motor.

Fontes: Motociclismo e Best Cars

Scooters vem tomando cada vez mais espaço na cidade

segunda-feira, outubro 18th, 2010

A praticidade das scooters parece finalmente ter agradado de vez os usuarios dos veículos sobre duas rodas. Devido ao seu tamanho, sua popularidade parece crescer cada dia mais. Hoje em dia não é dificil encontrarmos jovens estudantes, muheres e até executivos em suas scooters. Sucesso há tempos na Europa , a moda parece ter atingido o Brasil em cheio, e por isso cada vez mais são lançados novos modelos

Até meados de 2009 havia pouca concorrência no mercado, tendo como líder de vendas a Suzuki AN 125 Burgman. A principal rival era a Yamaha Neo at 115. Pouco tempo depois a Honda e a Dafra resolveram entrar na disputa com as respectivas Lead 110 , lançada em Junho de 2009 e a Smart 125 vindo logo depois. Ambas com injeção eletrõnica, fato esse que alavancou as vendas desses modelos.

Devido a imensa procura pelas scooters a Suzuki já planeja uma substituta para a Burgman 125, para ser lançada em breve. Tomando como base o Lead 110 fica fácil entender o crescimento do segmento. No ano de 2009 foram emplacadas 5.765 unidades do scooter de 110 cm3 da Honda. Neste ano, até agosto, já ganharam as ruas nada menos que 12.583 novas unidades um aumento quase dobrado em um período menor de tempo.

Agora muitos se perguntam o que atrai os motociclistas a comprarem scooters? A resposta é quase sempre unânime, praticidade. Os modelos costumam gastar muito menos combustível e também tem menor índice de poluição Os preços também agradam aos moradores, e por isso muitos estão abrindo mão de carros, para continuar somente com scooters.

No dia-a-dia é que o scooter mostra sua valentia. Apesar da maioria dos modelos ter motor de até 125 cm3, o desempenho surpreende. Com o baixo peso é fácil sair na frente dos carros e sua agilidade torna fácil a tarefa de desviar de obstáculos pelo caminho.

Outro trunfo dos scooters é o cambio CVT (transmissão continuamente variável). Primeiro porque não exige grande manutenção. E depois porque não é preciso se preocupar com marchas e embreagens. Basta apenas acelerar que o motor e o câmbio fazem todo o trabalho. Um fator positivo para quem cansou de estragar o sapato nos pedais de câmbio.

O custo-benefício também é interessante nos scooters., já que costumam vir completas por preços razoáveis e próximos entre as concorrentes. Na hora de abastecer, mais economia ainda, já que por causa de sua baixa capacidade cúbica, muitas rodam mais de 30 km com um litro de combustível.

Outro fator importante é a praticidade. Todos os modelos têm espaço sobre o banco, alguns com capacidade para levar até um capacete fechado, outros comportam pelo menos a mochila. Sem falar no espaço que há no porta-luvas no escudo frontal.

Novo modelo Honda

sexta-feira, outubro 15th, 2010

A Honda liberou as primeiras imagens de seu novo modelo de moto, a V4. O modelo será apresentado em Novembro no Salão de Milão, o EICMA (Esposizione internazionale del ciclo e motociclo).

A V4 busca juntar qualidades dinâmicas das motos naked e o conforto e estabilidade das mais conceituadas como a BMW K1600. O resultado foi essa junção de características de diversas motos que fizeram sucesso, e que com visual inovador formam a V4.

O desenho foi feito para que haja conforto dos passageiros e espaço para bagagens, além de um posto mais alto de pilotagem, semelhante ao de motos aventureiras. É esperado um motor com pelo menos 750 cm³ para dar força, tirando-a do grupo das mais leves.

Fonte: Motor Dream

KTM lança 125 para atrair jovens consumidores

quarta-feira, outubro 13th, 2010

kawasaki

A KTM apresentou no Salão de Colônia Intermot 2010, seu primeiro modelo street de 125cc. O objetivo da Duke 125 é atrair jovens motociclistas para a marca austríaca.

Com um visual bastante moderno, com direito a farol excêntrico e quadro tubular, a Duke 125 terá ainda diversos equipamentos de fábrica para ser personalizada.

Equipada com um motor de um cilindro, 124,7 cc e refrigeração líquida, a pequena austríaca terá 15 cavalos de potência máxima a 10.500 rpm - desempenho respeitável para um motor com essa capacidade. Com duplo comando de válvulas no cabeçote e alimentada por injeção eletrônica, a Duke 125 terá câmbio de seis marchas e embreagem com acionamento hidráulico.

A parte ciclística também impressiona. O quadro em treliça é feito em cromo-molibdênio e as suspensões dianteiras são invertidas. Já a traseira conta com um monoamortecedor. O sistema de freios é a disco em ambas as rodas de 17 polegadas.

O diretor de vendas e marketing da KTM confirmou a montagem da moto em Manaus (AM) pelo sistema CKD (completely knocked-down) em parceria com uma empresa brasileira, a partir de 2011. Vamos aguardar!!

Fotos: Moto.com.br

Tricimonstro

segunda-feira, outubro 11th, 2010

No seguimento de triciclos, o Brasil tem um representante peso pesado. Com o nome de Tricimonstro, essa “pequena” máquina é considerada o maior representante do seguimento em nosso país. Pelo menos até hoje não se conhece máquina maior.

A invenção foi feito feita por Olair Prado “Pirata” do “Moto Clube Maluco Beleza”. A principio foi um desafio montado sobre o chassi de um caminhão D60 1970 e demorou cerca de 1 ano para ficar pronto.
Suas medidas são assustadoras, veja: são 5 toneladas, sua altura é de 3,4 m, nada mais nada menos do que 8,5 m de comprimento e 2,3 m de largura. Com esse tamanho todo o Tricimonstro alcança uma velocidade de até 100 km/h.

Só não se assuste se um dia encontrar o Tricimonstro na rua

Salão de Motos

sexta-feira, outubro 8th, 2010

Não só os carros tem seus salões para apresentar as novidades. Está ocorrendo desde a última quarta-feira (06/10) em Colônia na Alemanha a Intermot (Internation Motorcycle and Scooter Fair).

O salão conta com diversas novidades para atrair novos consumidores europeus e tentar reanimar as vendas de motos, devido a imensa queda no mercado desde 2008, somente esse ano as previsões de venda não são nada boas, com um volume que não deve ultrapassar a barreira de 1 milhão.

O intuito da maioria dos fabricantes presentes na feira é de dar uma cara nova ao setor, que por lá parece estar ultrapassado. Por isso, diversas novidades estão presentes nessa sétima edição do evento, tanto em motocicletas quanto acessórios e equipamentos. São esperados 200.000 visitantes até Domingo (10/10), que é quando acaba a feira.

São 1.097 expositores em 110.000 metros quadrados de área do belo e moderno Koelnmesse, o centro de exposições de Colônia.

Além das novidades haverão apresentações, test-rides, veículos ecologicamente corretos, e diversas atividades. Vamos esperar por um evento semelhante por aqui