Archive for outubro, 2013

Esportiva da KTM terá versão de rua

quinta-feira, outubro 31st, 2013

31-10-2013-1

Muitos rumores rondavam esse boato que se contretizará, motoqueiro. A RC 310, moto esportiva da KTM para competições, ganhará uma versão de rua.

Aproveitando que as esportivas de baixa cilindrada ganharam o mercado emergente de motos no mundo, a marca austríaca preparou sua entrada rpa essa festa. A RC 390 usa motor monocilindro de 370 cc capaz de entregar 43 cv de potência e pesa, segundo a empresa, 147 kg em ordem de marcha.

Em design, ela traz traços próprios da versão de pista, mas parece maior que suas concorrente, por causa das linhas retas, rabeta alta e frente “invocada”.

Ela será apresentada oficialmente no Salão de Motocicleta de Milão, em outubro desse ano. Mas, infelizmente, não crie grandes expectativas de vê-la no Brasil.

Até a próxima.

Brasil receberá Ducati de R$ 280 mil

quarta-feira, outubro 30th, 2013

30-10-2013-1

Você não leu errado, motoqueiro amigo. A Ducati confirmou a supersport 1199 Superleggera para o Brasil por quase 300 mil reais! Será, obviamente, a moto comercializada mais cara do país.

O preço sobre pela exclusividade: apenas 500 unidades serão comercializadas no mundo.

Há, também, claro, toda tecnologia e design envolvidos. Com 200 cv (!!), ela tem a melhor relação peso/potência do mundo. Muito porque a supersport italiana utiliza elementos leves como titânio, fibra de carbono e magnésio em sua construção, o que lhe dá apenas 155 kg de peso seco (por isso o nome Superleggera - “super leve” em italiano).

Se você me perguntar se a motoca vale os quase 300 mil, respondo sem dúvidas: claro que não! Nenhuma moto vale isso. Eu, particularmente, não entendo moto de rua com 100 cv, imagine com 200 cv!

Mas, com certeza, teremos muitos aficionados pela máquina da Ducati, seja pela beleza, seja pela potência ou seja pela exclusividade.

Até a próxima.

Salão da China mostra novo parâmetro de mercado

terça-feira, outubro 29th, 2013

29-10-201-1

Colega motoqueiro, a China é um dos maiores mercados da atualidade como todos sabem. Todos sabemos também que nessa época do ano, salões de motos pipocam pelo mundo e, obviamente, a China tem o seu.

Curiosamente, o que está rolando por lá mostra um novo perfil do mercado chinês. Se a tradição oriental, fomentada pelas gigantes japonesas, prefere motos de apelo esportivo e superspots com muita tecnologia, a China apresenta uma guinada para a tradição eruopeia, em que a preferência é por motos mais urbanas e maiores.

A cultura motociclística estadunidense, em que dominam grandes motos estradeiras, tem aceitação entre o público chinês, mas esbarra numa lei completamente maluca e contraditória do país. Mesmo tendo o maior mercado do mundo, é proibido o uso de motocicletas em estradas, sendo permitido apenas dentro das cidades. É, não faz sentido.

De toda forma, mostra que a cultura europeia de motos està atingindo não só o Brasil (já falamos da “invasão” - no melhor sentido – que o nosso país passou), mas também o mundo oriental. Será que um dia a Europa e os EUA invadirão o Japão, como o Japão já invadiu a Europa e os EUA? Só o tempo dirá.

Até a próxima.

Honda lança capacete baseado em seu novo scooter

segunda-feira, outubro 28th, 2013

28-10-2013-1

Colega motoqueiro, a Honda está mesmo interessada em divulgar seu novo scooter PCX. Para isso, lançou um belo capacete com traços e cores baseados na motinha.

O PCX é um belo scooter de 150 cc que traz o inédito sistema “start/stop” para desligar o motor quando estiver em amrcha lenta e religar ao primeiro toque de acelerador ou empreagem (coo o stand by da nossa TV).

Muito bem, o capacete, belíssimo, e’aberto, em plástico injetado, forro antialérgico removível e lavável e viseira anti-riscos. Traz, como todo bom capacete aberto, cinta jugular para ajuste micrométrico.

Além disso, traz grafismo exclusivo e será vendido nos tamanhos 56 e 58. A marca ainda não divulgou o preço do capacete. E eu já estou pensando em um pra mim, já que não é de hoje que procuro um bom capacete aberto! ;)

Gostou?

Até a próxima.

EICMA Custom terá Steven Tyler como padrinho

quinta-feira, outubro 24th, 2013

24-10-2013-1

Muitas celebridades, colega motoqueiro, são como eu e você: fanáticos por motos. A lista é grande e tem pra todos os gostos. Steven Tyler, mítico vocalista do Aerosmith, está nessa lista.

Seu amor por estradeiras, chopers, bobbers e outras motos customizadas já é de conhecimento antigo (a proximidade dele e da banda com o mundo duas rodas é tamanho que o Aerosmith fez o show principal das festa de 110 da Harley Davidson nos EUA). Tanto que ele é um dos incentivadores financeiros da montadora independente Dirico Motorcycles.

Essa proximidade fez com que o incrível cantor fosse chamado para ser “padrinho” da EICMA Custom, a ala de motos customizadas do Salão de Milão, o maior evento de motocicletas do mundo. A própria Dicico vai aproveitar a presença de Tyler para lançar suas motos no velho continente.

O Salão de Milão começa dia 5 de novembro. Novidades, sempre falaremos aqui. Dream On, Baby!

Até a próxima.

Vendas de motos aumentam 4%

quarta-feira, outubro 23rd, 2013

23-10-2013-1

Colega motoqueiro, o mercado de motocicletas deu uma bela crescida no mês de outubro. Foram 4% em relação a setembro, segundo a Abraciclo. E isso é muito!

Talvez pela onda do Salão Duas Rodas, talvez pela facilidade de comprar alguns modelos que estavam “estocados” e, com achegada de modelos novos e redesenhados, tiveram os preços em queda. Seja como for, as vendas subiram bem.

Em média, foram vendidas 5,4 mil motos por dia útil. E o mercado está esperançoso de que novembro também seja bom. “Por conta dos recentes lançamentos que ocorreram no setor de duas rodas, as expectativas de evolução dos negócios neste mês estão mantidas”, afirma o diretor executivo da Abraciclo, José Eduardo Gonçalves.

E sabe que quando a venda de motos novas sobe, a de motos usadas também. De repente, é um bom momento pra você trocar a sua.

Até a próxima.

Apresentada na China a Honda CBR 300R

terça-feira, outubro 22nd, 2013

22-10-2013-1

Colega motoqueiro, mal acabou o Salão Duas Rodas de São Paulo e já começou outro evento importante pro mundo das motocicletas (no fim do ano, esses eventos pipocam): o CIMAMoto, salão em Chongqing, China.

Lá, sempre são apresentadas novidades, principalmente das gigantes asiáticas. O lançamento que está dando o que falar é a CBR 300R da Honda, uma miniesportiva que irá aposentar a CBR 250R (sucesso aqui no Brasil, inclusive).

O novo modelo, agora com 300 cc, deverá desembarcar em 2014 no nosso país. Ele foi redesenhado e chega pra brigar com a Ninja 300 da Kawasaki.

Agora com farol duplo e linhas mais agressivas, a pequena esportiva passa a seguir a mesma identidade visual das outras superesportivas da marca. As opções de grafismos também são alusivas às motos maiores da marca, como a “Repsol”e a popularmente chamada de “Capitão América”.

Particularmente, achei o novo desenho de gosto bem duvidoso. Mas isso não deverá impedir seu sucesso, tanto pela tradição da Honda e sua ciclística confiável, quanto pelo gosto do público por esportivas menores.

E aí? O que achou da esportivinha?

Até a próxima.

Kawasaki também entra no mundo dos scooters

segunda-feira, outubro 21st, 2013

21-10-2013-1

Colega motoqueiro, a gente cantou a bola várias vezes: o mundo dos scooters não para de crescer. Por isso a Kawasaki decidiu preparar o primeiro scooter de sua história.

A ideia da Kawa é puxar um pouco de brasa pra sua sardinha e aproveitar um segmento novo e crescente. A aposta é num scooter de 300 cc para o mercado europeu. O projeto do novo veículo e pioneiro da marca neste estilo, chamado de J300, tem design que lembra as motocicletas esportivas da Kawasaki, com linhas angulares e agressivas.

O design da J300 foi concebido em conjunto pelas fábricas japonesas e europeias da Kawasaki. Segundo Keishi Fukumoto, chefe de design da empresa, a sigla “J” significa Jyounetsu, que significa “paixão”em japonês e exprime o sentimento que o DNA da marca passa a seus clientes.

Nenhum detalhe técnico foi divulgado, apenas que a moto terá sistema de freios ABS. Ela será oficialmente apresentada em novembro no Salão de Milão e deverá ser vendida ainda em 2013.

Será que o Brasil recebe essa novidade?

Até a próxima.

Aplicativo pra smartphone para contratar motoboy

sexta-feira, outubro 18th, 2013

18-10-2013

Colega motoqueiro, uma novidade para todos, tanto profissionais quanto clientes. Um novo aplicativo para smartphones permite contratar motoboys em São Paulo.

Contratar serviços pelo celular já não é novidade. Para taxistas, existem algumas opções no mercado, mas para motoqueiros, é novo.

O app chama-se Vai Moto e foi desenvolvido para facilitar a vida do profissional e do contratante. “É bom para o motoboy aumentar sua renda durante seu tempo livre e também tem a vantagem de que toda a receita da corrida vai para ele, sem intermediários”, explica Bruno Mendes, diretor de operações da Vai Moto. A empresa cobra apenas a taxa de R$ 1,99 por corrida fechada pelo aplicativo.

Ainda novo, ele só funciona em São Paulo e tem pouco mais de mil motoboys cadastrados. A ideia é que em breve seja levado ao Rio de Janeiro e, depois, demais capitais. A meta é ter 40 mil profissionais cadastrados em seis meses.

Interessante, não? Motoboys e clientes podem baixar o aplicativo aqui. Boas corridas.

Até a próxima.

Roubos e furtos de moto crescem 3,5% em 2013

quinta-feira, outubro 17th, 2013

17-10-2013-1

Colega motoqueiro, no último fim de semana um vídeo ganhou a internet. Era de alguém indo para o Salão Duas Rodas numa Hornet (a moto média mais roubada do país) e filmando o trajeto quando é abordado por dois assaltantes.

O piloto desce da moto e entrega a chave, porém um policial estava passando pelo local do crime e conseguiu balear o ladrão e recuperar a moto do proprietário. O vídeo viralizou  e levantou inúmeras questões.

Nosso objetivo não é falar da ação do policial, da cobertura da mídia nem da repercussão da internet. Vamos tocar em outro ponto: o assalto de motos. Assalto pode ser basicamente furto ou roubo.

O primeiro é quando o assaltante não aborda diretamente o assaltado. Por exemplo, você estaciona sua moto e ela não está mais lá quando você volta: foi furtada. O segundo é como ocorre no vídeo, o assaltante aborda o assaltado com grave ameaça (no caso, uma arma de fogo e intimidação verbal) e leva o objeto assaltado.

Acontece que assalto de motos cresceu, segundo o Grupo Tracker, empresa especializada em recuperação de veículos, 3,5% nos primeiros três trimestres de 2013 se comparado ao mesmo período de 2012. A empresa afirma que motos com rastreador são mais facilmente encontradas.

Apesar do número alto para motos, outros veículos sofrem ainda mais com a crise da segurança. Em automóveis, os assaltos cresceram 7,8%; para utilitários, 12,1% e caminhões, 22,8%.

A questão de segurança pública é muito grave e delicada. E prudência é fundamental (mesmo sendo inevitável a abordagem, por vezes) e rastreadores ajudam muito. Não reagir a uma abordagem é necessário, sua vida vale mais que seu bem.

E por falar em prudência e vida, não vi nenhum comentário sobre o tal vídeo dizendo que a vítima estava a quase 100 km/h numa via pública onde o limite é 60 km/h…