Kasinski Comet 250

Para ter exclusividade com motos 250 cc, uma boa opção é a Kasinski Comet 250, para se ter uma idéia, até novembro de 2009 foram emplacadas 582 unidades do modelo Kasinski, contra 70 mil unidades da Twister, com isto o proprietário da Comet 250 roda com exclusividade pelas ruas e estradas, porém pagam bem mais por isto.

O preço sugerido da Comet é de R$ 14.490, a Twister e a Fazer custam em torno de R$ 10 mil, ou seja, o modelo da Kasinski custa cerca de 40% a mais que as concorrentes, entretanto além de ser um modelo diferenciado com porte de moto maior, uma das principais qualidades segundo proprietários, a Comet oferece ainda outros atrativos ainda mais na versão mais recente.

Com seu painel digital e conta-giros de leitura analógica, possui uma pequena cobertura sobre o farol que, segundo a fábrica oferece maior proteção aerodinâmica. Mas o principal quesito que diferencia a Comet 250 das demais é seu motor de dois cilindros em “V”, com comando duplo no cabeçote (DOHC) e quatro válvulas por cilindro, com refrigeração mista.

O desempenho do V2 da Kasinski, oferece 32,5 cv a 10.000 rpm, contra 24 cv da Twister e 21 cv da Fazer, resultando assim uma velocidade final bastante superior, enquanto a Comet pode chegar a mais de 150 km/h, a Fazer e a Twister passam pouco do 130 km/h. Um desempenho bastante satisfatório para o uso em estradas e também para os que gostam de pilotar mais esportivamente.

Agora na questão da aceleração a Comet deixa a desejar, o torque das três é bastante semelhante, na Comet são 2,16 kgfm, mas somente 7.500 giros, levando em consideração que os motores “V2″ têm mais dificuldade em subir de giro, enquanto os monocilíndricos das concorrentes chegam ao par máximo mais rapidamente, o que resulta em uma maior aceleração.

Suas suspensões são invertidas (upside-down) na dianteira, e na traseira a balança traz um único conjunto mola-amortecedor, um conjunto bastante rígido de acordo com a proposta da moto, permitindo uma pilotagem esportiva. Seus freios é outro diferencial, conta com freio a disco na traseira, além de um grande disco (300 mm de diâmetro) mordido por uma pinça de dois pistões na dianteira.

Fonte: Uol

Tags: , , , , , ,

13 Responses to “Kasinski Comet 250”

  1. ferrera disse:

    a moto e10
    so nao tem pessa de reposisao

    tenho uma a 5 meses parada
    esperando pessa

  2. adyvan disse:

    Olá Boa Noite Gostaria de saber uma passe o Finalciamento desta Moto dano $2000 de entrada e o restou financiado em 48x
    Grato
    adyvansilva@hotmail.com

  3. Roper disse:

    Cara aqui em Londrina tenho achado peças na boa

  4. Comprei uma Comet GT 250 2010 e estou muito satisfeito com o desempenho desta moto. Ainda não deu nada de manutenção, apenas as revisões. Ela acelera muito para uma 250 e tem um porte um tanto quanto interessante. Eunão poderia ter feito uma compra melhor do que esta pelo que eu queria gastar. Recomendo!

  5. welton cortes disse:

    tenho uma moto comet 250 e gostei muito desempenho.
    aconselho a compra.

  6. jorjao disse:

    esta moto não é tudo isso eu ralei uma com RD 135 ELA FICOU LONGE ACHEI QUE TINHA ACABADO A GOSOLINA DELA.KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  7. RODRIGO disse:

    RALO SÓ SE FOI NO FERRO VELHO COM ESSA RD HAUHAUH XINELAGEM

  8. Mark disse:

    Pessoal, o que tem que ficar claro é o seguinte: quando se coloca duas motos para ralar, ou as duas tem que estar original de fábrica ou as duas tem que estar mexida a mesma coisa. Não vai na do tal de JORJÃO que eu sei muito bem que ele mexeu na moto dele. coloca a rd 135 original com uma cg 150 que ela toma pau. Nada a ver o que o infeliz falou aí em cima.

  9. Jucélio disse:

    UAHUHAUHAUHUAHA
    Coitada da RD 135 perto dessa comet Gt hahuauhaahu !!!
    da até dó desse lixo velho de RD.
    Num ganha nem de titan 150 vai ganhar da comet!

    aAHuaioUAH

  10. Valter disse:

    Pessoal, preciso da ajuda de vocês!!!

    Tenho uma Kasinski Comet 250 - Ano 2006 com apenas 21.000 km rodados e esta motocicleta não está sendo aprovada pela Inspeção Veicular da Controlar.

    Me ajudem!! Help me!!
    Seguem as especificações do laudo da Pré Inspeção da Comet 250 que fiz em uma conceituada oficina de São Bernardo do Campo:

    - Limites:
    Fator de Diluição: F < = 2,50
    CoC (Vol%): 6,00
    HCc (ppm): 2000
    Marcha lenta (RPM): Variação < = 300

    -Marcha Lenta:
    Fator de Diluição: 3,44
    CoC (Vol%): 0,21
    HCc (ppm): 10.114
    Marcha lenta (RPM): 1.370

    Seguem outras observações:
    *Não queima óleo
    *Marcha lenta boa
    *Velas, ok
    *Feita mistura de gasolina com álcool (Não resolveu)
    *Filtro de ar, ok
    *Troquei combustível

    Conforme as especificações técnicas acima o CO e HC estão baixo e taxa de emissão alta.
    No dia em que aguardava a minha vez para fazer inspeção vi duas motos sendo aprovadas antes da minha.

    O que ocorre com essa bendita??

  11. nanato disse:

    quero comprar a comet 250 ea melhor da categoria

  12. Paulo Henrique Benevides disse:

    Caros amigos(as), tenho uma Comet 250 GTR, e estou muito contente com a compra, apesar de um pouco mais cara em relação com o que os concorrentes oferece, porém, na somatória de seguro fica elas por elas.
    Apesar de ser um opinião muito particular, acho a Comet mais bonita e segura. Hoje brinco com ela até 176 km/h. Freia bem e mantem uma boa estabilidade nas curvas emquaquer velocidade. quando eu falo que tem apenas 250 cc, as pessoas não acreditam muito. É uma moto que eu recomendo.

  13. andre luis disse:

    tenho um comete 250, 2011 com 18.000km e desde dos 2.000 ascende a luz do f1 , sempre começou com uma falhadeira ate me deixar na mão essa moto é uma merda!

Leave a Reply