Chega a nova XTZ 250 Ténéré 2011

A Yamanha terá em suas concessionárias já em Novembro a versão 250 de sua famosa linha Ténéré. Essa, totalmente voltada para o público brasileiro, que teve grande impacto em seu desenvolvimento.

Além das pesquisas com os proprietários, a internet foi uma importante ferramenta para a montadora, já que por meio destas foram analisados fóruns e discussões sobre o produto. Ali além de informações, foram encontradas imagens das mudanças desejadas pelos consumidores.

Pesquisas também apontaram que o consumidor dessa categoria, além de usar a moto no dia a dia, costuma usá-la também para fazer viagens. Pensando em melhor atender esse público que usa a moto na estrada nos finais de semana, a Yamaha lançou a XTZ 250 Ténéré, já em seu modelo 2011. A moto chega ao mercado para dividir espaço com a “irmã” Lander 250, que não sairá de linha.

O preço da moto deve ficar em torno dos 13 mil reais.

No Brasil, as motos Ténéré ficaram conhecidas graças às saudosas Ténéré 600 e a Super Ténéré 750, que até hoje são sinônimo de aventura. O novo modelo vem resgatar o prestígio da linha e também animar ainda mais os fãs da XT660Z Ténéré e XT1200Z Ténéré, que podem chegar em breve ao Brasil.

Algumas informações técnicas do modelo 250:

Motor: SOHC, 249 cm³, quatro cilindros em linha, refrigerado a ar com radiador de óleo.

Potência máxima: 21 cv a 8.000 rpm.

Torque máximo: 2,10 kgfm a 6.500 rpm

Transmissão: Câmbio de cinco velocidades, com transmissão final por corrente.

Suspensão: Garfo Telescópico com 220 mm de curso na dianteira; monoamortecida com link e 240 mm de curso na traseira

Freios: Disco de 245 mm de diâmetro (dianteiro); disco de 203 mm de diâmetro (traseiro).

Dimensões: 2.120 mm de comprimento, 830 mm de largura e 1.370 mm de altura. Entre-eixos 1.385 mm, altura do assento de 865 mm e 270 mm de altura mínima para o solo.

Peso: 137 kg

Tags: , , , ,

6 Responses to “Chega a nova XTZ 250 Ténéré 2011”

  1. giovanni buffon disse:

    se eles tivessem consultado a internet veriam que a maioria está cansada do mesmo seguindo da moto com motor 250cc, trocaram alguns plasticos e mudaram o nome mas continua com o mesmo motor da lander e da fazer, infelizmente não vejo sucesso nessa moto por a concorrência tem uma moto maior, com motor novo e nada a perder, nem no preço.

  2. daniel disse:

    o motor é monocilíndrico*

  3. Libero disse:

    Que negócio é esse ???

    Motor: SOHC, 249 cm³, quatro cilindros em linha, refrigerado a ar com radiador de óleo.

    Tem algo errado !!!

  4. Bia77 disse:

    Onde que a concorrecia tem motor novo? o projeto é antigo, só aumentaram a capacidade do cilindro. A moto custa R$13.000,00 um valor acesível, se fosse feito um projeto de maior potencia obviamente passaria dos R$15.000,00 que, creio eu, não é a proposta.

  5. joão disse:

    corrijam as especificações da moto que coisa mais errada

  6. Eduardo disse:

    é preciso lembrar que o motor da fazer/lander é excelente (injeção, pistão forjado com revestimento cerâmico etc). Qual o problema de outra moto com o mesmo motor? claro q seria interessante um motor maior, mas isso isso iria encarecer a moto. Agora, “motor novo” na moto da concorrência?? é o mesmíssimo motor, com um “kit pistão 291cc”… a “concorrência” adora fazer isso, lançar uma moto com algumas cilindradas a mais, afinal brasileiro adora isso, querer aparecer + q os outros ainda que por dados “forçados” do tipo: “ah a minha moto chega à velocidade máxima de 131km/h, já a sua SÓ CHEGA A 130! A sua moto não presta!”… e outros comentários do gênero, coisa de gente que não vale nem a pena discutir..

Leave a Reply