São Paulo recebe mostra do maior designer automotivo do século e revela sua paixão: motos

22-01-2013-1

Não existem dúvidas que a Itália é referencia quando o assunto é design automotivo. Muito se deve a Giorgetto Giugiaro. Na década de 60, Giugiaro fundou a Italdesign Giugiaro e passou a prestar serviços para diversas montadoras.

Sediada em Turim, a empresa prestou serviços a projetos da Fiat, Volkswagen, Ford, Toyota, Subaru, Alfa Romeu entre tantas outras marcas. Suas linhas ficaram famosas no mundo automotivo com o VW Passat, VW Golf, Audi 80, Seat Ibiza, Lamborghini Gallardo, Maseratti Spyder 4200.

Sua fama ganhou proporções ainda maiores quando outro design seu chegou a Hollywood. O Lotus Esprit de “007 – O Espião que me amava” e o DeLorean presente nos filmes “De Volta para o Futuro” recebem a assinatura do mestre.

Mas o que pouca gente sabe é que Giorgetto ama motos. Inclusive prestou serviços para a indústria das duas rodas. Sendo a Itália referência no design de motos, não é de se assustar com essa informação.

A Ducati 860 GT (1975) foi desenhada pelo mestre, que também desenvolveu soluções para a Piaggio. A clássica e icônica montadora italiana tem a mão de Giorgetto em alguns projetos. O projeto mais recente é a scooter Derbi Predator 500 cc (1998).

A Italdesign Giogiaro também desenhou dois capacetes para a japonesa Shoei. O Z-100 e o maravilhoso Elmo Stelvio (que recebeu prêmio no Good Design Award 2010).

Agora uma mostra chega a São Paulo e cobre boa parte da carreira desse mestre do design automotivo. A mostra tem bons destaques para as motocicletas e estará montada a partir de sete de fevereiro de 2013, o Museu da Casa Brasileira, em parceria com a Star Edições Cinematográficas, realiza a exposição “Giugiaro: 45 anos de design italiano”.

Quem for lá ainda confere projetos obscuros da carreira de Giorgetto, como máquina de café, bola de basquete, máquina de costura, garrafa de água e lavadora, entre outras.

Oportunidade e tanto. O Museu da Casa Brasileira fica na Avenida Brigadeiro Faria Lima, 2.705, em São Paulo (SP). Funciona de terça a domingo, das 10h às 18h. Ingressos: R$ 4 e R$ 2 (meia-entrada). A entrada é franca aos domingos e feriados.

Nos vemos lá.

Tags: , ,

Leave a Reply