Com segmento crescendo, Yamaha confirma maxiscooter para dezembro

03-09-2013-1

Colega motoqueiro, se antes o segmento de maxiscooter era secundário, hoje é um dos que mais crescem no país. Por isso as montadoras começam a preparar novidades e a Yamaha já confirmou o T-Max 530 para dezembro.

Ainda alvo de alguns preconceitos, os maxiscooters são motos médias com características de scooter (claro) e uma pitada de touring. Neles, o piloto vai sentado e o câmbio é automático como num scooter tradicional.

O motor, no entanto, parte de 300 cc. O tamanho também é maior que as “vespinhas” e as bolhas dianteiras e conforto amplo para piloto e garupa nos remetem às tourings, podendo encarar longas e divertidas viagens.

O T-Max da Yamaha foi produzido e fabricado onde mais se usa scooter no mundo: Itália. Ele chega pra concorrer diretamente com o Burgman 650 da Suzuki, porém o preço é uma barreira a ser vencida. Enquanto o líder Burgman custa cerca de R$ 35 mil, o T-Max chega a quase R$ 40 mil.

A BMW é outra montadora que em breve deve preparar scooters maiores e trazer pra cá. Os modelos C 600 Sport e C 650 GT estarão no Salão Duas Rodas de São Paulo em outubro e podem estar nas lojas em 2014.

Você já pilotou alguma moto desse segmento? Se não, aproveite e surpreenda-se.

Até a próxima.

Tags: ,

Leave a Reply