Posts Tagged ‘2010’

Novo modelo Honda

sexta-feira, outubro 15th, 2010

A Honda liberou as primeiras imagens de seu novo modelo de moto, a V4. O modelo será apresentado em Novembro no Salão de Milão, o EICMA (Esposizione internazionale del ciclo e motociclo).

A V4 busca juntar qualidades dinâmicas das motos naked e o conforto e estabilidade das mais conceituadas como a BMW K1600. O resultado foi essa junção de características de diversas motos que fizeram sucesso, e que com visual inovador formam a V4.

O desenho foi feito para que haja conforto dos passageiros e espaço para bagagens, além de um posto mais alto de pilotagem, semelhante ao de motos aventureiras. É esperado um motor com pelo menos 750 cm³ para dar força, tirando-a do grupo das mais leves.

Fonte: Motor Dream

Traxx Work 125

quarta-feira, agosto 4th, 2010

traxwork

Work em inglês significa “trabalho”, e não é a toa que o modelo da Traxx leva este nome. A máquina é voltada aos trabalhadores que utilizam as duas rodas como ferramenta de trabalho.

De acordo com a Moto Traxx da Amazônia, empresa do China South Group - um dos maiores fabricantes mundiais de motos -, a motocicleta foi produzida para suportar a rotina nas ruas.

Ficha Técnica: Work 125

Comprimento: 2.020mm
Largura: 795mm
Altura: 1.035mm
Peso: 117kg
Suspensão dianteira: Garfo telescópica
Curso: 135mm
Suspensão traseira: Duplo braço oscilante
Curso: 80mm
Freio dianteiro: Hidráulico a disco
Freio traseiro: Tambor
Pneu dianteiro: 2.75-18-4PR
Pneu traseiro: 3.00-18-6PR
Motor: Tipo OHC, 4 tempos, gasolina, refrigerado a ar
Cilindrada: 133cc
Potência máxima: 13,1cv a 8000rpm
Torque: 1,07 kgf.m a 6500rpm
Taxa de compressão: 9,8:1
Câmbio: 5 velocidades
Embreagem: Multidisco em banho de óleo
Partida: elétrica / pedal
Ignição: eletrônica tipo C.D.I.
Tanque de combustível: 11 litros com reserva de 2 litros
Preço: R$ 4.299.

Fonte: Terra e Traxx

Kawasaki Ninja ZX-14

sexta-feira, julho 16th, 2010

ninjazx14

Criada inicialmente para bater recordes de velocidade, agora a topo de linha Kawasaki Ninja ZX-14 chega ao país para mostrar que ela vai muito além da potência. A nova máquina é mais um produto que a Kawasaki traz ao país, tornando a cada ano sua linha Ninja mais presente no Brasil.

Vale uma menção ao painel em LCD, com indicador de marchas e shift-light. Outro detalhe interessante é o torque máximo de 15,7 kgfm a 7.500 rpm, capaz de em uma prova de arrancada deixar uma poderosa Ferrari Enzo para trás.

Ficha Técnica:

Motor: 4 tempos, 4 cilindros em linha, refrigeração líquida
Cilindrada: 1.352 cc
Diâmetro x curso: 84,0 x 61,0 mm
Taxa de compressão: 12,0:1
Sistema de válvulas: DOHC, 16 válvulas
Potência máxima: 142,0 kW (193 CV) / 9.500 rpm
Potência máxima com RAM Air: 149,5 kW (203 CV) / 9.500 rpm
Torque máximo: 154 N•m (15,7 kgf•m) / 7.500 rpm
Sistema de combustível: Injeção eletrônica
Sistema de partida: Partida elétrica
Transmissão: 6 velocidades, mudança por retorno
Sistema de embreagem: Multidisco, banhado à óleo
Tipo de quadro: Monocoque em alumínio
Inclinação: / Trail 23º / 94 mm
Suspensão dianteira: Garfo invertido de 43 mm com compressão, retorno e pré-carga da
mola ajustáveis
Suspensão traseira: Uni-Trak com amortecedor a gás, com compressão, retorno e précarga da mola totalmente ajustáveis
Curso da suspensão dianteira: 117 mm
Curso da suspensão traseira: 122 mm
Pneu dianteiro: 120/70ZR17M/C (58W)
Pneu traseiro: 190/50ZR17M/C (73W)
Freio dianteiro: Disco duplo de 310 mm em forma de pétala, pinça dupla de fixação
radial com 4 pistões opostos (ABS)
Freio traseiro: Disco simples de 250 mm em forma de pétala, pinça com 2 pistões
opostos
Dimensões C x L x A: 2.170 mm x 760 mm x 1.170 mm
Capacidade do tanque: 22 litros
Peso em ordem de marcha: 257 kg / 261 kg (ABS)
Cores: Metallic Diablo Black
Preço: R$ 62 mil

Fonte: Infomoto e Kawasaki

Can-Am Spyder RTS

quarta-feira, maio 26th, 2010

canam

A máquina construída pela canadense BRP é chamada de Triciclo, mas não deveria. Ao contrário de seus “irmãos” ele inova e inverte a ordem natural das coisas, tendo duas rodas na dianteira e uma na traseira.

Mas o arrojo da máquina não para no seu diferenciado design, o Can-Am Spyder RTS
possui o que há de mais moderno em tecnologia para garantir uma dirigibilidade tranquila e com segurança: controles de tração e estabilidade, câmbio automático sequencial, piloto automático e freios ABS.

O conforto é outro diferencial do Triciclo que possui compartimentos para bagagem e um sistema de áudio potente - com entrada para pendrive e Iphone.

Ficha Técnica: Can-Am Spyder RTS 2010

Motor: Dois cilindros em V, 998 cm³, 8 válvulas, DOHC, arrefecimento líquido.
Potência: 100 cv a 7.500 rpm.
Torque: 10,6 kgfm a 5.500 rpm.
Alimentação: Injeção eletrônica de combustível.
Câmbio: Cinco marchas, automático sequencial com ré. Transmissão final por correia.
Suspensão: Dianteira em duplo A com barra anti-torção (151 mm de curso e cinco regulagens); traseira por Balança com monochoque (145 mm de curso e regulagem eletrônica).
Freios: Dianteiros por disco flutuante de 250 mm e pinça de quatro pistões; traseiro com disco de 250 mm com pinça de pistão simples.
Pneus: 165/65-R14 [47H] MC (dianteiro); 225/50-R15 [76H] MC (traseiro).
Chassis: SST Spyder.
Dimensões: 2.667 mm x 1.572 mm x 1.510 mm (C X L X A); 1.708 mm (entre-eixos); 772 mm (altura do assento); 115 mm (altura minima).
Peso: 421 kg (a seco).
Preço: R$ 89.900

Fonte: Infomoto

Honda CRF 250R

segunda-feira, abril 5th, 2010

crfhonda

Se você adora competições que envolvem motos ou se é piloto profissional, certamente irá gostar da Honda CRF 250R. O modelo chega reformulado, completamente diferente de sua versão anterior. Ela agora está mais potente e segura, além de contar com injeção eletrônica.

Como é um modelo de competição, a Honda preferiu não revelar detalhes preciosos como os números oficiais de desempenho e o peso.

O modelo será utilizado pela equipe oficial de fábrica nas competições nacionais e internacionais e está disponível na concessionária pelo preço sugerido de R$ 26.500.

Ficha Técnica:

Motor: quatro tempos de 249,4 cm³, quatro válvulas e comando Unicam
Diâmetro e curso do pistão: 76,8 mm x 53,8 mm
Cavalos de potência (extra-oficial): Entre 38 e 42
Capacidade do tanque: 5,7 litros
Curso da suspensão traseira: 320 mm
Gafo telescópico da suspensão dianteiro: 48 mm
Curso: 310 mm

Fonte: Infomoto

TVS Apache RTR 150

sexta-feira, março 12th, 2010

apache

Neste mês chega ao Brasil a Apache RTR 150, moto de fabricação indiana e que será comercializada no país pela Dafra. Diferente dos modelos comercializados na India, a moto chega a terras brasileiras com cerca de 80 modificações a um preço de R$ 6.290 reais.O bom preço é graças a montagem da moto ser feira em Manaus com peças produzidas na India. O modelo, que lembra mais uma 250 do que uma 150, vem equipada com banco em dois níveis, painel digital completo, bocal do tanque de combustível tipo aeronáutico, semi-guidões e as pedaleiras ajustáveis e lanterna traseira em LEDs.

O motor tem 147,5 cm³ e é monocilíndrico, quatro tempos, duas válvulas, com comando simples no cabeçote (OHC), o propulsor da Apache 150 gera 14 cv a 8.000 rpm de potência máxima e 1,27 kgfm a 6.000 rpm de torque máximo. Vale ressaltar que ele já está adaptado às normas de emissão de poluentes do Promot 3.

Segundo a Dafra, outra característica que o difere o motor da Apache da concorrência é o sistema de ignição IDI (Inductive Digital Ignition), que oferece uma duração de faísca seis vezes superior ao sistema CDI (Capacitive Discharge Ignition) e também facilita a partida a frio.

O sistema de freios, apesar da simplicidade, se mostrou eficiente. Na dianteira, a Apache conta com disco simples de 270 mm de diâmetro e pinça de dois pistões. Na traseira, tambor com 130 mm de diâmetro.

A moto tem um visual agradável e parece ser bem confiável e com um preço competitivo, será que cairá no gosto dos brasileiros?

Fonte: Infomoto

Atenção para não perder a Inspeção Veicular

quarta-feira, março 10th, 2010

Motoqueiros fiquem atentos a Inspeção Veicular de 2010 que vem cheia de novidades. No ano passado ainspemotopenas caminhões e veículos fabricados à partir de 2003 eram obrigados a passar pela vistoria, neste ano as coisas são diferentes, TODOS terão que realizar a inspeção, inclusive as motocicletas e motonetas, exceto as de 2 tempos.

Caso o proprietário não faça a inspeção ficará impedido de fazer o licenciamento do veículo e até mesmo transferência de propriedade.

Os proprietários terão até 90 dias antes da data limite do licenciamento para realizar o procedimento.

Os proprietários que optarem pelo licenciamento antecipado recebem o Certificado de Registro de Licenciamento de Veículos, referente ao exercício vigente mesmo sem ter realizado a inspeção.

Mesmo assim ela deve ser feita seguindo o calendário, sob pena de ficarem impedidos de licenciar seus veículos em seu próximo exercício.

Os itens que serão avaliados são:

- Funcionamento irregular do motor;
- Vazamentos aparentes;
- Alterações no sistema de escapamento;
- Alterações nos itens de controle de emissões;
- Emissão de fumaça visível em motores de quatro tempos;
- Emissão de fumaça visível em motores de dois tempos
em veículos produzidos a partir de 2003;
- Insuficiência de combustível para a realização da medição de emissão.

Fonte: Controlar

Triumph apresenta novidades na Europa

segunda-feira, março 8th, 2010

2009 Triumph Daytona 675SE

Abrindo o ano de 2010 a Triumph mostrou na Europa suas novidades. A montadora inglesa, que em breve também produzirá suas máquinas em Manaus, apresentou ao público três special editions: Daytona 675 Triple SE, Thunderbird SE e Speed Triple.

A Daytona manteve a mesma cara do seu modelo 2009, porém apresentou alguns grafismos novos e recebeu embreagem e freios de competição.

A Speed Triple foi apresentada em uma cor verde militar e detalhes que remetiam o pensamento ao exército. Por fim, a Thunderbird SE ganhou um vermelho metálico, assento redesenhado e malas laterais.

Fonte: Terra

Yamaha Crypton T115

quarta-feira, fevereiro 24th, 2010

yamaha_crypton_3001Foram cinco anos fora das pistas mas a Crypton voltou em grande estilo à linha de produção da Yamaha, com design reformulado e com motor maior e melhor.

De olho nas classes C e D, a nova - velha - máquina da Yamaha almeja bater de frente com os modelos chineses que permeiam o mercado a preços mais baratos. E sem dúvidas ela é uma ótima alternativa de transporte para estas classes emergentes.

Econômica e de fácil pilotagem, a Yamaha Crypton apresenta um painel renovado e completo: velocímetro, marcador de combustível e luzes indicadoras do ponto neutro e da quarta marcha engatada. Outra novidade é a possibilidade de optar pela versão com partida elétrica, a modelo “ED”.

Ficha Técnica: Crypton T115

Motor: Monocilíndrico, 113,7 cm³, OHC, quatro tempos, refrigerado a ar.
Potência: 8,1 cv a 7.500 rpm.
Torque: 0,87 kgfm a 5.500 rpm.
Alimentação: Carburador.
Câmbio: Quatro marchas com embreagem automática, com transmissão final por corrente.
Quadro: Chassi tubular em aço.
Suspensão: Garfo telescópico (dianteira); duplo amortecedor (traseira).
Freios: Dianteiro a disco de 220 mm (ED)/tambor de 110 mm (K); traseiro a tambor de 130 mm.
Dimensões: 1.930 mm x 675 mm x 1.055 mm (CxLxA); 1.235 mm (entre-eixos); 126 mm (altura do solo); 755 mm (altura do assento ao solo).
Tanque: 4,2 litros.
Peso: 94,9 kg.
Preço: R$ 4.550 (K) e R$ 5.200 (ED).

Fonte: Infomoto

Yamaha Fazer 2011

quarta-feira, fevereiro 17th, 2010

fazer

A nova Yamaha YS 250 Fazer chega ao mercado como modelo 2011 e remodelada no design, com destaque para a adoção de um conjunto óptico muito similar ao utilizado pela XJ6 N.

A moto ganhou ainda um novo painel de instrumentos, com visor de cristal líquido, rabeta ascendente com lanterna triangular em LEDs , além de nova alça para a garupa e rodas de liga leve com desenho mais moderno.

Ficha Técnica: Yamaha YS 250 Fazer

Motor: Monocilíndrico, 250 cm³, OHC, quatro tempos, refrigerado a ar.
Potência: 20,7 cv a 8.000 rpm.
Torque: 2,1 kgfm a 6.500 rpm.
Alimentação: Injeção eletrônica.
Câmbio: Cinco marchas com transmissão final por corrente.
Quadro: Berço duplo em aço.
Suspensão: Garfo telescópico com 120 mm de curso (dianteira); balança monoamortecida com 120 mm de curso (traseira).
Freios: Dianteiro a disco de 282 mm; traseiro a disco de 220 mm.
Dimensões: 2.065 mm x 745 mm x 1.065 mm (CxLxA); 1.360 mm (entre-eixos); 190 mm (altura do solo); 805 (altura do assento ao solo).
Tanque: 19,2 litros (4,5 l na reserva).
Peso: 137 kg.
Preço: R$ 10.950.

Fonte: Infomoto