Posts Tagged ‘carga’

Kubo é um scooter para transporte de carga

sexta-feira, dezembro 13th, 2013

13-12-2013-1

Aí você mora sozinho e tem um scooter porque é ótimo em mobilidade urbana e muito econômico. Certa altura do mês, amigo motoqueiro, você precisa fazer algumas compras. E aí?

E aí entre em cena o Kubo, um protótipo de uma pequena empresa de San Francisco, Califórnia. O Kubo é um scooter com todas as características do segmento: pequeno, ágil, câmbio automático… Mas um diferencial: ele foi, literalmente, construido em volta de um compartimento de carga!

Como quase todos os projetos de mobilidade urbana atual, o Kubo é elétrico. Segundo a empresa, uma única carga de bateria garante 80 km rodados. A atração é mesmo o compartimento de cargas, que conta com ganchos e grade para prender objetos. Perfeito para aquela visita ao supermercado.

O projeto, no entanto, não saiu do papel e a empresa espera financiamento para torná-lo viável. Grande invenção, eu já quero um!

Até a próxima.

Sidecar: lazer ou trabalho?

quarta-feira, maio 19th, 2010

sidecar

Por volta de 1900 na Europa, surgia dispositivo de uma única roda preso a um lado de uma motocicleta, resultando em um veículo de três rodas, o famoso sidecar. Feito para tranportar mais um passageiro, os sidecars ficaram famosos por sua utilização na 1ª e 2ª Guerras Mundiais e em filmes.

No mundo, estima-se que rodem um milhão de sidecars, destes números - até 2009 - cerca de 10 mil circulavam pelo Brasil. Não é muito comum ver uma moto com este dispositivo circulando pelas grandes cidades. Por não ser prático (ocupa o mesmo espaço que um carro) ele não é muito utilizado por motoqueiros que utilizam a moto no seu dia a dia.

Hoje os sidecars são utilizados por colecionadores, que incrementam suas motos, ou no comércio em pequenas cidades do interior, onde é comum ver uma adaptação do sidecar chamado “sidecarga”.

Na teoria é o mesmo dispositivo acomplado na moto, mas na prática ele serve para carregar produtos como butijão de gás, galões de água, entregas de supermercado, engradados de cerveja e etc.

Fonte: G1

Habilitando sua moto para o transporte de cargas

sexta-feira, fevereiro 19th, 2010

moto_bauVocê tem o desejo de transformar sua moto em uma maneira de ganhar uma graninha no fim do mês? Muitos tem este desejo mas não sabem como.

É importante saber que não basta instalar um “baú” e sair fazendo entregas por ai, é necessário seguir todas as normas da resolução nº 219 do Contran.

Elas são várias, mas segue abaixo algumas em destaque:

1-) Alterar o registro do veículo para a categoria “aluguel” junto ao DETRAN.

2-) Instalar placa de identificação da cor vermelha.

3-) Atender as dimensões corretas (altura x largura x comprimento) para os dispositivos de transporte de carga.

4-) Não ultrapassar o limite de carga máxima estipulada pelo veículo.

5-) Utilizar reflexivos luminosos especificados pela legislação tanto no baú, como no capacete e nos coletes.

6-) Instalar os dispositivos de transporte de carga somente nos pontos de fixação recomendados pelo fabricante do veículo.

Fonte: Honda

Transporte de Passageiros e Cargas

sexta-feira, abril 17th, 2009

O passageiro, ou garupa, deve permanecer atento a uma série de detalhes fundamentais para a sua segurança e o bom desempenho do veículo.

As primeiras medidas devem ser tomadas antes mesmo de a motocicleta entrar em movimento.

Devido às características de cada modelo e suas diferentes reações ao peso extra do garupa, é preciso estar atento às recomendações sobre os limites constantes no Manual do proprietário.

Chegada a hora de trafegar nas ruas, é importante que o garupa ajuste os pés nas pedaleiras traseiras assim que subir no veículo e mantenha-se o mais próximo possível do condutor, com as duas pernas fixas firmemente no banco.Garupa

Para manter a estabilidade do veículo durante a pilotagem, o passageiro tem de permanecer com seu ângulo de visão ao lado da cabeça do piloto, de forma que possa se antecipar às manobras e acompanhar os principais movimentos - inclusive as inclinações necessárias durante as curvas.

Na frenagem da motocicleta, quando o corpo do garupa é projetado para frente, é necessário que ele pressione as pernas no quadril do piloto, para que este não sofra a transferência de peso e perca o equilíbrio.

Quando a motocicleta parar, o passageiro deve manter os pés nas pedaleiras traseiras avisando o piloto de que já está pronto para saltar. O passageiro deve descer primeiro, sempre pelo lado esquerdo da moto.

Afinações:

Outro ponto muito importante é o amortecimento sobrecarregado. Procurando que as reações da moto se pareçam o mais possível com a condução individual, devem-se retocar diversos parâmetros.

Siga as instruções do fabricante e não esqueça que para viajar acompanhado, ao reabastecer deve efetuar dois ajustes, de gasolina e ar, este último com o pneu o mais frio possível, porque uma leitura a quente falseia o resultado.

Cargas:

Ainda que as motocicletas não estejam realmente desenhadas para levar cargas, alguns pequenos pacotes podem ser transportados de forma segura se este estejam bem colocados e presos.

Fonte: Moto Segurança