Posts Tagged ‘Conceito’

Designer russo cria conceito de moto insano

sexta-feira, dezembro 28th, 2012

28-12-2012-1

Quando você acha que já viu de tudo, aparece essa notícia. Um designer russo chamado Mikhail Smolyanov criou uma linha de conceitos de motos inspiradas em bicicletas clássicas.

Até então, nada demais. Acontece que todas as motos criadas pelo maluco designer são movidas a vapor (???) e possuem três rodas. Olhando a foto, é difícil de notar exatamente onde é a frente e a traseira do veículo (a frente é onde tem duas rodas).

Segundo Smolyanov, o modelo foi desenhado sob encomenda de um homem de São Petersburgo que preferiu não se identificar. O tal “homem misterioso” pretende transformar o conceito em realidade.

Essa é a segunda bizarrice em ermos de moto que vem da Rússia (lembra-se da moto com remo de fábrica?) e não dá pra saber qual limite desses caras. As características elétricas e mecânicas da “moto-bicicleta-conceito” não foram reveladas.

O que mais esperar de 2012? Até a próxima.

Tron Cycle, a moto do filme

quarta-feira, dezembro 15th, 2010

O cinema sempre trouxe muitas novidades em relação a automóveis, principalmente as motos como em o Exterminador do Futuro, Batman e muitos outros. Com a tecnologia disponível hoje em dia e também materiais, é possível trazer tais modelos a realidade.

Foi isso que aconteceu com o modelo Tron Cycle do novo filme da Disney Tron Legacy. Para recriar o modelo foi usada como base uma Suzuki TLR1000, que conta com motor V-Twin de 135 cv. Porém, só isso as duas têm como semelhança. O “espírito” da moto é completamente norte americano: com muita potência, tamanho enorme, bem chamativa e não tão boa nas curvas.”


As dimensões do veículo são as seguintes:

-Peso: 215 Kg

-Comprimento: 2,54 m

- Largura: 60 cm

Essas dimensões são para que a moto fique exatamente igual à virtual, porém tornando impossível seu uso normal. A moto é muito larga e os braços ficam muito esticados, não permitindo manobras fechadas.

A moto é espetacular, porém nada útil, além de seu preço de 55 mil dólares, que são aproximadamente 92.700,00 reais.

Kawasaki Ninja ZX-14

segunda-feira, dezembro 13th, 2010

Devido as especificações, muitos podem ficar assustados para guiar a Kawasaki Ninja ZX-14. A moto que chegou ao Brasil em meados de 2009 conta com 203 cavalos de potência máxima a 9.500 rpm, 2,17 metros de comprimento e 261 kg de peso.

Porém nem com todos esses atributos a moto perdeu estabilidade nas retas ou maneabilidade em curvas. A moto que conta com mais de 200 cavalos, viaja de forma suave e graças ao sistema de injeção eletrônica é bastante linear.

A Kawasaki do Brasil optou por trazer somente as versões com freios ABS (decisão mais do que correta), garantindo frenagens mais seguras. O quadro perimetral foi redesenhado para oferecer a rigidez necessária.

Devido ao seu porte, o banco é generoso e sua ergonomia melhor que a de muitas outras do mesmo segmento. Por isso, a moto é extremamente confortável. Além do conforto conta com um tanque de 22 litros, iluminação e proteção aerodinâmica.

O modelo em sua versão única, conta com a cor preta e tem um preço sugerido em R$61.990,00. Sua principal concorrente é o modelo Havabusa GSX 1300R da Suzuki, que tem maior disponibilidade de cores, sendo 4, e seu preço mais baixo, em torno de R$ 56.000,00, sem frete nem seguro.

FICHA TÉCNICA: Kawasaki Ninja ZX-14

Motor: 1.352 cm³, quatro cilindros em linha, 16 válvulas, DOHC, refrigeração líquida.

Potência Máxima: 203 cv a 9.500 rpm.

Torque Máximo: 15,7 kgfm a 7.500 rpm.

Diâmetro e curso: 84,0 x 61,0 mm. Taxa de Compressão: 12:1.

Alimentação: Injeção eletrônica.
Partida elétrica.

Câmbio: Seis marchas, com embreagem multidisco em banho de óleo e transmissão final por corrente.

Suspensão: Dianteira por garfo telescópico invertido com 117 mm de curso e totalmente ajustável; traseira por balança monoamortecida com amortecedor a gás e 122 mm de curso.

Freios: Dianteiro a disco duplo de 310 mm em forma de pétala, pinça dupla de fixação radial com quatro pistões opostos (ABS); Traseiro a disco simples de 250 mm em forma de pétala, pinça com dois pistões opostos.

Pneus: Dianteiro 120/70ZR17M/C (58W); traseiro 190/50ZR17M/C (73W).

Chassi: Perimetral em alumínio.

Dimensões: 2.170 mm x 760 mm x 1.170 mm (CxLxA); 1.460 mm (entre-eixos); 800 mm (altura do assento); 125 mm (distância do solo)

Tanque: 22 litros.

Peso: 261 kg

Snake Road, moto do futuro

segunda-feira, novembro 15th, 2010

Surgiu mais um design de moto futurista, desta vez o responsável foi o belga Bruno Delussu. Bruno é especialista na criação de veículos futuristas, e assim fez a mais nova Snake Road.

A moto foi inspirada nos trabalhos de Daniel Simon, alemão que publicou o livro Cosmic Motors em 2008, ousando nas formas. A moto não parece muito funcional, principalmente pela posição de direção, porém parece manter o design de como as motos realmente serão no futuro.

A posição para o piloto é semelhante a de uma moto de competição, enquanto o formato é de uma moto custom. A dianteira da moto parece ter um funcionamento semelhante ao de carros de Fórmula 1, já que sua suspensão é horizontal em relação ao solo, e com amortecedores centrais.

Segundo Bruno, a carenagem é de fibra de vidro, o que indica que a fibra de carbono continuará cara. O material de revestimento diminuirá o peso e pode ser personalizado ao gosto do cliente. Quanto ao resto da mecânica, esta não parece ser muito futurista, já que o motor é a gasolina.

O desenho apesar de tudo é interessante, agora é esperar e ver se o designer acertou nessa previsão de conceito.

Triumph Speed Triple

quarta-feira, outubro 27th, 2010

O modelo Triumph Speed Triple ficou famoso, graças a sua aparição nas cenas de ação de um dos filmes da famosa franquia Missão Impossível. As cenas de manobras radicais interpretadas por Tom Cruise, tornaram a moto em sensação.

Agora quem teve muito trabalho foram os projetistas, que deveriam redefinir esse, que é um modelo ícone da marca, a Speed Triple com faróis duplos. No novo modelo, os faróis permaneceram deixando o visual da moto mais moderno e agressivo.
O modelo conta com uma roda traseira nova, e os novos aros além de novos diminuem o peso do conjunto. A moto está 3 kg mais leve em relação ao modelo 2010,e mais forte.O motor de 1050 cm3 e três cilindros em linha também recebeu ajustes na centralina (ECU). O propulsor também está mais potente, agora produz 135 cv, sete a mais, e o torque também cresceu para 12,92 kgfm.

Além de deixar a moto mais bonita, mais potente e mais leve, a ciclística foi aprimorada. Agora a tarefa de “atacar” as curvas com exatidão está ainda mais fácil para a Speed Triple 2011.

O quadro de alumínio é totalmente novo e com isso foi possível deslocar o motor mais à frente, deixando uma maior concentração de massa.Para que o piloto sinta mais segurança e facilite a pilotagem, o banco ficou mais baixo. Os painéis laterais assim como o painel de instrumentos receberam mudanças leves, mas que deixam o modelo ainda mais atual.

A Speed Triple tem uma extensa lista de opcionais e acessórios, que vão desde uma bolha aerodinâmica até mesmo escapamentos esportivos da grife Arrow, além de malas personalizadas.

Antes criticado, o sistema de freios melhorou, agora é oferecido ABS, e houve um aprimoramento no sistema em geral. O modelo chega às concessionárias européias em dezembro e o preço ainda não foi definido pela marca inglesa. Por aqui ainda não se sabe quando chegará, porém o modelo vem com força para superar as expectativas.

Novo modelo Honda

sexta-feira, outubro 15th, 2010

A Honda liberou as primeiras imagens de seu novo modelo de moto, a V4. O modelo será apresentado em Novembro no Salão de Milão, o EICMA (Esposizione internazionale del ciclo e motociclo).

A V4 busca juntar qualidades dinâmicas das motos naked e o conforto e estabilidade das mais conceituadas como a BMW K1600. O resultado foi essa junção de características de diversas motos que fizeram sucesso, e que com visual inovador formam a V4.

O desenho foi feito para que haja conforto dos passageiros e espaço para bagagens, além de um posto mais alto de pilotagem, semelhante ao de motos aventureiras. É esperado um motor com pelo menos 750 cm³ para dar força, tirando-a do grupo das mais leves.

Fonte: Motor Dream

Smart Scooter

sexta-feira, setembro 24th, 2010

Falamos anteriormente sobre o modelo de scooter elétrica da marca inglesa Mini, agora é a vez de sua concorrente alemã, da Smart lançar as imagens de seu modelo. Com expectativa de apresentar a scooter em Outubro, no Salão de Paris a marca divulgou algumas imagens.

A motocicleta elétrica tem foco na agilidade, alto padrão de segurança, prazer da condução e, obviamente, emissão zero de poluentes. Tais características são principalmente para o uso urbano.

O propulsor elétrico transmite a potência diretamente para a roda traseira através de uma corrente - a Smart promete limpeza e garante que esta não irá necessitar de manutenção. Com uma potência de 4kW, a scooter pode atingir uma velocidade máxima de 45 km/h. O torque do motor elétrico já está disponível desde o momento da aceleração, o que garante vigor nas arrancadas.

A energia de tração é fornecida por um sistema altamente inovador que funciona a partir de uma bateria de 48 volts. Com este, a Smart anuncia uma autonomia de 100 km. A recarga pode ser feita em qualquer tomada doméstica e leva de três a cinco horas.

A intenção da empresa é expandir seu mercado principalmente entre os jovens, e por isso a scooter conta com design arrojado, segurança, tecnologia e consciência ambiental. Nos resta esperar e assistir entre a disputa entre os modelos Mini e Smart.

Harley Davidson do futuro

segunda-feira, novembro 30th, 2009

harley_davidson

Imagine se você pudesse entrar em uma máquina do tempo e avançar 11 anos na história. Chegando no futuro, um mundo novo, com motos novas. Se isto ainda não é possível fisicamente, pelo menos em nossa cabeça nós podemos viajar a vontade e imaginar como serão as máquinas no futuro.

Foi o que fez o designer Miguel Cotto, que projetou como será a Harley Davidson de 2020, simpaticamente chamada de “Circa”

Está moto conceita não foi bem aceita pelos outros designers, que acreditam que ela jamais entrará em linha de produção por não garantir segurança alguma. Do estilo das Harleys de hoje em dia, apenas o motor: 883cc. No demais, a moto é diferente, toda angular, de cor vibrante e rodas sem o tradicional aro.

Estranha? Bonita? Feia, ou apenas diferente. Comentem o que acharam desta moto do futuro.

Fonte: UOL

BMW tem moto conceito para o futuro

sexta-feira, maio 29th, 2009

bmw concept innovation

Pensando no amanhã, a BMW criou este ano um concurso com criações de motocicletas futuristas.A 1ª edição do BMW Motorrad Innovation Contest já está em andamento e muitos projetos interessantes estão sendo divulgados.

Como todos sabem, um conceito não necessita de soluções técnicas efetivas. O intuito, na verdade, é deixar as ideias fluírem. Desse modo, coisas diferentes acabam surgindo, como o desenho enviado para a marca alemã.

O conceito trata-se de uma motocicleta, porém, os comandos de aceleração e freio parecem estar nos pés. Além disso, ao invés de um guidão, a direção é feita por meio de um volante.

Pela foto, percebe-se que a máquina tem rodas “calçadas” por pneus Dunlop. Quem sabe logo não vemos nas ruas uma modelo BMW baseado neste conceito.

Fonte: Terra

Yamaha MT-01 SP

quarta-feira, abril 8th, 2009

Yamaha 2009

Yamaha MT-01 SP

Apresentada como um conceito em 2004, a MT-01 parecia não ter muitas chances de ser produzida em série, devido ao seu estilo inovador.

Ledo engano. Podemos encontrá-la inclusive no Brasil por cerca de R$ 52 618.

Para dar um toque a mais em sua muscle bike, a marca dos diapasões acaba de lançar no exterior uma versão limitada da máquina: a MT-01 SP.

Basicamente, trata-se da mesma motocicleta, mas a Yamaha caprichou nos detalhes. Mantém o motor bicilíndrico refrigerado a ar, capaz de alcançar 90 cv a 4 750 e 15,3 kgfm a 3 750.

As modificações começaram nas suspensões: o garfo dianteiro de 43 mm foi especialmente desenvolvido pela Öhlins para a MT-01. Já o amortecedor traseiro está mais confortável e estável.

Yamaha MT-01 SP

Yamaha MT-01 SP

A moto da Yamaha está equipada de série com pneus Pirelli Diablo Rosso de medidas 120/70-17 (dianteiro) e 190/50-17 (traseiro).

Com isso, a MT-01 passa a ser mais esportiva e mostrar mais aderência ao asfalto. Outra mudança ocorreu no guidão, que passou de 25,4 mm de diâmetro para 28,6 mm na SP.

Além das mudanças nos equipamentos, a SP recebeu novidades em sua estética. Possui um tanque bicolor pintado de branco e vermelho, passando a ideia de uma moto especial.

O vermelho também aparece em detalhes no assento e a Yamaha abusou nos cromados e deu rodas douradas à moto.

Fonte: Terra