Posts Tagged ‘DENATRAN’

Contran regulamenta equipamentos para mototáxis e motoboys

sexta-feira, agosto 13th, 2010

motofrete

Na última quarta (3/08), o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) publicou no “Diário Oficial da União” a Resolução 356, que estabelece os requisitos mínimos de segurança para o transporte remunerado de passageiros (mototáxi) e de cargas (motofrete).

Além de idade mínima de 21 anos, 2 anos de habilitação e curso promovido pelo órgão de trânsito o profissional de mototaxi e motofrete deve seguir as seguintes normas:

1-) Para obter o registro na categoria de aluguel, as motocicletas deverão ser equipadas com protetor para as pernas e motor, antena aparadora de linha no guidão (’corta pipa’) e dispositivo de fixação permanente ou removível.

2-) A proteção para as pernas deve ser feita em aço tubular, com formas arredondadas e largura limitada à largura do guidão.

3-) ‘Corta-pipa’, deverá estar na extremidade dos guidões, próximo a manopla do veículo, em pelo menos um dos lados. A altura do equipamento deve ser regulada com a altura da parte superior da cabeça do condutor na posição sentado.

4-) Os veículos utilizados para os serviços de mototáxi e motofrete sejam inspecionados a cada seis meses para verificação dos equipamentos obrigatórios e de segurança.

5-) O registro das motocicletas ou motonetas para espécie passageiro ou carga poderá ser alterado, no entanto, será proibido o uso do mesmo veículo para ambas as atividades.

6-) Os motociclistas profissionais e passageiros deverão utilizar capacete, com viseira ou óculos de proteção e faixas retrorrefletivas

7-) O condutor deverá estar vestido com colete de segurança dotado de dispositivos retrorrefletivos.

8 ) As motocicletas e motonetas destinadas ao transporte de mercadorias deverão estar dotadas de dispositivos para a acomodação da carga, podendo ser do tipo fechado (baú) ou aberto (grelha), alforjes, bolsas ou caixas laterais, desde que atendidas às dimensões máximas fixadas pelo Contran e as especificações do fabricante do veículo.

Os motociclistas profissionais terão até 04 de agosto de 2011 para se adequarem às normas da Resolução 356 do Contran e aos demais requisitos da Lei 12.009.

Fonte: G1 e Contran

Denatran lança cartilha para motociclistas

quinta-feira, outubro 22nd, 2009

denatrancartilha

O Dentran (Departamento Nacional de Trânsito) começou com uma atividade para educar os motoristas, uma série de livros.

Com o título Denatran Responde, a série tem o objetivo de apresentar respostas, fundamentadas na legislação, para perguntas recorrentes de diferentes públicos. O primeiro volume é direcionado aos motociclistas, os demais serão destinados aos pedestres, motoristas e ciclistas.

Serão distribuídos ao todo 1,5 milhão de exemplares do primeiro volume que serão distribuídos por meio dos órgãos do Sistema Nacional de Trânsito, associações, sindicatos, representações da categorias de motociclistas, entre outros.

Fonte: Denatran

Contran estabelece normas para ciclo-elétrico

quinta-feira, maio 21st, 2009

denatran1

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) publicou nesta quarta-feira (20) a Resolução 315, que equipara os veículos cilclo-elétricos aos ciclomotores.

Segundo a Resolução, para circular em vias públicas os ciclo-elétricos deverão possuir espelhos retrovisores, farol dianteiro de cor branca ou amarela, lanterna traseira de cor vermelha, velocímetro, buzina e pneus que ofereçam condições mínimas de segurança.De acordo com a Resolução, o ciclo-elétrico é todo veículo de duas ou três rodas, provido de motor de propulsão elétrica com potência máxima de quatro quilowatts, cujo peso máximo, incluindo o condutor, o passageiro e a carga, não exceda a 140 kg e cuja velocidade não ultrapasse 50 km/h.

Segundo a norma, a bicicleta dotada de motor elétrico também é considerada ciclo-elétrico. A Resolução do Contran entra em vigor nesta quarta-feira.

Fonte: Denatran

A favor ou contra

sexta-feira, janeiro 23rd, 2009

Novas medidas adotadas pelo DENATRAN, entrarão em vigor em janeiro, três diz respeito a motocicletas, confiram e opinem.

1) O tráfego de motos no “corredor” (entre os carros) será proibido e passará a ser infração;

2) Será proibido o transporte de crianças com idade menor de 10 anos nas motos;

3) As motos terão que ter uma segunda placa, na parte da frente.

Minha opinião sobre este assunto é bem simples, indo acredito eu contra muitos motoqueiros, sou a favor!

Primeiramente sou a favor não poder mais andar no “corredor”, pois o tráfego por ele é mais rápido, sim não posso discordar, agora que é mais perigoso isto ninguém pode discordar.

Outra, andar com criança menor de 10 anos já é um absurdo, poxa, precisa legar o guri para escola, casa do amigo sei lá para onde não tem outro meio de transporte, vá de ônibus, é muito mais seguro e confortável para a criança do que levá-la de moto.

Crianças não têm força e muito menos idéia exata das coisas e pode ocasionar um acidente.

Fonte: Pequenas Notaveis