Posts Tagged ‘moto’

Site inglês revela moto da Lotus

terça-feira, janeiro 21st, 2014

Daniel Simon

Colega motoqueiro, em julho de 2013 revelamos uma moto que a Lotus, tradicional montadora automotiva com passagens pela F-1, estava preparando. Finalmente ela foi revelada.

O site inglês Motorcycle News postou foto e alguns detalhes da máquina.

O motor é um gigante V2 da KTM, mas não especifíca qual modelo, apenas informa que ele gera 200 cv de potência. O problema é que não existem mais detalhes técnicos sobre carroceria (parte lembra fibra de carbono, mas não se sabe do que realmente são feitas), parte elétrica, dispositívos…

O visual, decepcionando alguns e alegrando outros, não é de uma supersport, mas de uma café racer, seguindo a tendência mundial de retorno às motos de “pegas de rua” dos anos 50. O farol redondo, o guidão curvado pra baixo, o monoposto e a rabeta reta entregam a inspiração.

O site afirma que testes já estão sendo feitos e em breve a C-01 pode estar por aí.

E aí, o que achou? Valeu a espera ou rolou uma decepção?

Até a próxima.

Moto-foguete de 1.000 cv pretende bater recorde de velocidade

terça-feira, janeiro 7th, 2014

07-01-2014-1

Colega motoqueiro, uma “coisa” parecida com uma moto misturada com um foguete foi construída nos EUA para bater o recorde de velocidade atingida por um veículo de duas rodas.

Trata-se da Castrol Rocket, um moto no estilo conhecido por streamliner, feita exclusivamente para esse fim. O trambolho de mais de 7m de comprimento conta com dois motores da Triumph Rocket III. Com as modificações necessárias, os motores entregam um pouco mais de 1.000 cv de potência (!!!).

O modelo é fruto de uma parceria entre a Triumph, fabricante inglesa de motos, a marca de lubrificante Castrol, além da preparadoras Hot Rod Conspiracy e Carpenter Engines. Fibra de carbono e kevlar são componentes presentes no chassi, tornando o veículo mais leve.

A velocidade que se pretende atingir, no deserto de sal de Boneville (sempre), em Utah, é de 606 km/h pelo menos, para assim bater o atual recorde, 605 km/h. Em julho deste ano, o piloto Bill Warner faleceu tentanto superar a amrca com uma Suzuki Hayabusa completamente modificada. Ele sofreu um acidente quando estava a mais de 460 km/h.

Icon cria a moto feia mais linda do mundo

sexta-feira, dezembro 20th, 2013

20-12-2013-1

Você não leu errado, colega motoqueiro. Isso é o que a própria empresa diz de sua Iron Lung.

A Icon é conhecida nos EUA por fazer capacetes e outros equipamentos para motos e motociclistas estilizados. Mas muitos não se ligam para o fato de que a Icon faz motos customizadas bem legais e, as vezes, malucas.

A Iron Lung é feita sobre um Harley-Davidson Spotster 1991. Mas da H-D original, quase nada sobrou. Pra ser sincero, apenas o quadro central e o motor.

De bancos a rodas, conjunto óptico a escapes, pneus a carenagem, absolutamente tudo na Iron Lung é novo. Mas com cara de velho. A montadora apostou no estilo café racer, que vem crescendo no gosto de fãs de motos, sobretudo das clássicas.

Sempre com muito bom humor, a Icon definiu a moto como “272 kg de mecânica antiquada” e “a coisa feia mais linda já construida no mundo”. Seja sincero: eles estão ou não cobertos de razão?

Até a próxima.

Suzuki revive V-Strom no Brasil fabricada em Manaus

quinta-feira, dezembro 19th, 2013

19-12-2013-1

A Suzuki fará a festa dos motoqueiros amantes das bigtrails em 2014 com a volta da V-Strom 1000 fabricada em Manaus. Se é sua praia, motoqueiro, se prepare pra coisa boa.

Montada no esquema CKD em Manaus, o modelo está fora de circulação desde que foi descontinuada em 2009. Aquela coisa: quem tem em bom estado, não vende.

Assim como sua irmã de 650 cc, a V-Strom 1000 é equipada com um motor dois cilindros em V, mas com, obviamente, 1000 cc. O novo motor conta com refrigeração líquida entrega 101 cv de potência. Entre os itens de série, freios ABS e o inédito controle de tração ajustável em três níveis.

Seu design é inspirado nas trails do passado da montadora japonesa e conta com a volta do tradicional paralama “bico de pato”. O modelo estará disponível nas cores branca, preta, marrom e vermelha e o preço ainda não foi definido.

Gostou da novidade?

Até a próxima.

Honda prepara a moto em linha mais barata do mundo para mercado nigeriano

terça-feira, dezembro 17th, 2013

17-12-2013-1

Motoqueiros brasileiros, nossos colegas nigerianos receberão uma novidade e tanto. A Honda apresentou a CG 100 cc para o mercado de lá num preço pra lá de convidativo: US$ 630 (cerca de R$ 1.500).

Apesar do nome, ela em nada lembra a linha CG vendida aqui, nem em visual e nem em mecânica. A ideia é que por lá seja uma moto muito acessível, econômica e durável.

Com a utilidade voltada para uso urbano, a CG 110 passa a ser a moto de linha mais barata do mundo que não seja scooter. O conjunto da moto é bem simples, com freio a tambor em ambos os eixos. Além da CG 110, a Honda fez mudanças nos modelos CB 125 e CB 125-D, que também possuem propostas utilitárias no país africano.

Nada mal importar essa proposta pra cá, hein?

Até a próxima.

Um não é pouco, não…

segunda-feira, dezembro 16th, 2013

16-12-2013-1

Motoqueiro, você notou que há uma tendência nas montadoras em apostar em scooter com três rodas. O triciclo urbano tem boa aceitação e mobilidade.

Porém, indo contra a corrente, uma pequena montadora estadunidense chamada Ryno Motors bolou um monociclo elétrico para uso urbano. Isso mesmo, no lugar de somar uma roda, eles subtraíram.

Com apenas uma roda muito grande ( 25 plegadas: grande mesmo!), o Ryno deve ser comercializado já em 2014 nos EUA, após sete anos de desenvolvimento. Eu preço inicial é cerca de US$5 mil.

O mais curioso foi a afirmação do diretor de marketing da montadora: “Com certeza, nós planejamos vender no Brasil em algum momento”. Será?

Meu medo é que, além de motoqueiro, seja preciso ser um pouco equilibrista. Confesso: tenho medo de arriscar, mas arriscaria com medo mesmo…

Até a próxima.

Mais protótipo em Tóquio: agora é da Suzuki

segunda-feira, dezembro 2nd, 2013

02-12-2013-1

Como você já notou, sagaz motoqueiro, os últimos posts são sobre projetos e protótipos. Isso porque o Tokyo Motor Show está acontecendo e o salão é próprio pra isso.

A japonesa Suzuki não ia ficar de fora da festa e apresentou um protótipo com cara de moto pronta pra rua. A moto Recursion apresenta características possíveis de estar na rua em 2015 no máximo. E como modelo finalizado.

A moto tem motor de dois cilíndros de 600 dc e entrega quase 100 cv de potência. A refrigeração é líquida. Nenhuma novidade até então.

O X da questão é que a moto pode receber uma turbina de fábrica para atingir os 130 cv de potência. A Suzuki garante que isso alteraira muito pouco o consumo, mas o modelo teria desempenho de moto 1000 cc.

Os traços da Recursion, no entanto, são do estilo café racer. O que podemos notar em Tóquio é que as esportivas “super hero” darão lugar a modelos mais vintages e retrôs. E que o motor turbo em motos está perto de virar uma realidade viável.

Até a próxima.

Pense numa moto grande

terça-feira, setembro 24th, 2013

24-09-2013-1

Quando a gente fala que bizarrice não tem limites, colega motoqueiro, tem gente que duvida. Pense numa moto grande. Maior. Bem maior. Multiplique por dois. Agora pense em como pilota-la. Você nem chegou eprto da moto que entrou para o Livro dos Recordes.

Estamos falando de uma moto de 5,1m de altura, 2,5m de largura e 10,03m de comprimento (!!!). Entendeu?

O proprierario e idealizador dessa maluquice garante que a moto é pilotável. Na verdade, ele garante e procvou, por isso ela foi incluída no Guinness Book. É a maior moto pilotável do mundo.

Pra tirar tudo isso do lugar, ela tem um motor V8 (não é V2, não) de 5.7 litros, comum a alguns Mavericks e Chargers estadunidenses. Obviamente que a motoca precisa de marcha à ré, além de câmbio de seis velocidades.

A “pequena”foi idealizada e criada pelo designer de produtos Fabio Reggiani. O italiano de Reggio Emilia, norte da Itália, pode pilotar a moto por meio de controles no guidão e instalou rodas adicionais para melhorar a estabilidade da moto que quebrou o recorde mundial passando a Monster Cycle da Califórnia, que tinha “apenas” 3,43 m de altura. “Coloquei as rodinhas porque não queria correr o risco de que a moto ‘capotasse’”, brincou o italiano.

Você consegue imaginar isso andando? Nem eu, e ainda não achei vídeos. Assim que achar, postaremos no blog.

Até a próxima.

A moto mais cara do mundo

terça-feira, agosto 13th, 2013

13-08-2013-1

Imagine, colega motoqueiro, que você tem muito, mas muito dinheiro que nem sabe como gastar. Mas tem uma paixão tão grande por motos que decide investir “algumas” cifras para fazer um modelo único.

Foi isso que fez o bilionário turco Tarhan Telli, apaixonado por motos e proprietário da TT Custom Chopper. Para fazer seu próprio modelo, filha única, resolveu construir o quadro da “menina” em ouro!

Só o quadro estaria avaliado em cerca de US$ 1 milhão.

Para construir o modelo que levou mais de um ano, foi usado um motor V2 (claro, é uma chopper) de 1.800cc da RevTech de 125 cv e câmbio de seis marchas.

O acabamento foi inspirado na mitologia grega e traz todas as peças com aspecto de pedra e traços de envelhecimento, como ferrugem e desgastes. Além de detalhes como uma medusa no tanque e uma cobra (referência aos “cabelos” do monstro) no para-lama dianteiro.

Segundo o próprio Teli, a escolha de matérias com cara de rústico e cru é para evitar a ostentação e o brilho do cromado. Sim, o cara que fez um quadro de ouro avaliado em 1 milhão de dólares não quer a ostentação dos cromados…

O valor gasto não foi revelado, mas a TT Custom Chopper já entrou em contato com o Livro dos Recordes da Guinness para incluir esta como a moto mais cara da história. O título pertence atualmente á um modelo da TT Marine Superbike feita com uma turbina de helicóptero e estimada em US$180 mil, muito abaixo da moto de Teli.

Curtiu essa piração?

Até a próxima.

iMoto?

terça-feira, julho 16th, 2013

16-07-2013-1

Até onde vai chegar a tecnologia auxiliando as pessoas no cotidiano? Se você também já se perguntou isso, preste atenção nesse novo scooter da japonesa Terra Motors.

O scooter é um 400 cc de desenho moderno e com aspecto futurista, mas a novidade não é essa: ele tem conectividade com iPhone.

Parece estranho, mas pode ser o começo de uma era bem legal. Por enquanto, o A400i apenas transmite dados de navegação diretamente para o iPhone que podem ser monitorados via internet. As versões compatíveis do smartphone são 3G, 3GS, 4, 4S e 5. Com o tempo, sabe-se lá o que será possível de fazer…

Vale lembrar que o A400i também é um scooter elétrico que recarrega o celular enquanto está em funcionamento. Seu preço, por lá, é de US$ 4,5 mil e não tem previsão se chegará ao Brasil (muito difícil sua chegada).

Gostou, colega motoqueiro?

Até a próxima.

16-07-2013-2