Posts Tagged ‘motociclista’

Aumenta o número de mulheres motociclistas

segunda-feira, abril 19th, 2010

As mulheres vêm ganhando espaço no mundo das duas rodas e deixando para traz o machista ditado que “lugar de mulher é na garupa”.

Segundo dados divulgados por nove Detrans (Departamentos Estaduais de Trânsito) o sexo feminino no comando de motocicletas cresce ano após ano, chegando a uma variação de 20% a 35,7% o número de habilitações concedidas às mulheres.

Segundo estudos, este aumento beneficiará o trânsito nestes Estados em virtude do comportamento mais defensivomulhermoto que as mulheres têm tanto ao volante como no comando dos guidões.

Acompanhe como foi a evolução em alguns Estados:

Rio de Janeiro

15.533 mulheres receberam Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs) para dirigir motocicletas em todas as categorias, de um total de 191.756 documentos emitidos em 2009. O ano anterior já havia apresentado um crescimento de 33,1%. No número de mulheres habilitadas.

São Paulo

43.852 mulheres receberam habilitação categorias A e AB, que permitem a condução de motocicletas e carros de passeio em 2009. No ano, foram cadastradas 5,5 milhões de CNHs de todas as categorias.

Paraná

289.599 mulheres foram habilitadas para dirigir motocicletas em todas as categorias em 2009, de um total de 4,1 milhões de CNHs emitidas.

Mato Grosso do Sul

Foram emitidas 110 mil habilitações para motociclistas femininas em todas as categorias em 2009, contra 90,7 mil registros em 2008.

Bahia

Foram emitidas 18.128 CNHs para motociclistas mulheres apenas na categoria A.

Rio Grande do Sul

182.421 mulheres receberam habilitação para dirigir motocicletas em 2009, em todas as categorias. No ano anterior, apenas 155.607 foram aprovadas. O crescimento foi de 17,2% com relação ao ano anterior.

Fonte: G1

Denatran lança cartilha para motociclistas

quinta-feira, outubro 22nd, 2009

denatrancartilha

O Dentran (Departamento Nacional de Trânsito) começou com uma atividade para educar os motoristas, uma série de livros.

Com o título Denatran Responde, a série tem o objetivo de apresentar respostas, fundamentadas na legislação, para perguntas recorrentes de diferentes públicos. O primeiro volume é direcionado aos motociclistas, os demais serão destinados aos pedestres, motoristas e ciclistas.

Serão distribuídos ao todo 1,5 milhão de exemplares do primeiro volume que serão distribuídos por meio dos órgãos do Sistema Nacional de Trânsito, associações, sindicatos, representações da categorias de motociclistas, entre outros.

Fonte: Denatran

A águia e os motoqueiros

segunda-feira, fevereiro 23rd, 2009

Alguns dos motociclistas tem estampada em suas motocicletas ou camisetas a figura de uma águia. A pergunta é: porque a águia? Esta ave transfere muito da atitude e personalidade do motoqueiro.Ela é um animal muito especial, é a que mais tempo vive além de ser a que voa mais alto, quase sempre em voo solitário.

Ficam no alto, olhando o azul infinito. Não teme tormentas nem tempestades Nunca se escondem… Abrem suas asas, que podem voar até 90 km por hora e enfrentam as adversidades. Enquanto o mundo fica às escuras, embaixo, elas voam vitoriosas e em paz, lá em cima.

Quando chegam aos 35 anos, estão com as penas velhas, o que as impedem de voar, as unhas e o bico estão compridos demais, curvados, impedindo-as de se alimentar.

Então, numa atitude instintiva e de coragem pela sobrevivência, procuram um lugar alto, próximo à uma rocha onde batem as unhas até que se quebrem.

Em seguida, fazem o mesmo com o bico. Batida após batida, até cair. Enquanto isso, são alimentadas por outras, para que sobrevivam.

Quando as unhas começam a crescer, ela vai arrancando as penas, uma a uma. Após aproximadamente 150 dias está completo o processo e ela parte para o vôo de renovação, com mais anos de vida pela frente.

Mas as águias também morrem. Quando sentem que chegou a hora de partir, não se lamentam nem ficam com medo. Tiram as últimas forças de seu cansado corpo e voam aos picos mais altos, quase inatingíveis, e aí esperam resignadamente o momento final. Até para morrer são extraordinárias.

Prezando sempre a liberdade, a águia é forte, corajosa, obstinada e veloz, assim como Os Motoqueiros.

Fonte: site da HDpoint.com.br e Moto Revista

Não tenha problemas ao dar a partida

sexta-feira, dezembro 19th, 2008

Muitos motociclistas têm problemas na hora de dar a partida em sua motocicleta, muitas vezes só pensam em melhor o desempenho do motor ou suspensão e acham que não tem nenhum problema se o motor pegar só em 4 ou 5 partidas. Pois não esta tudo bem, uma partida difícil geralmente indica algum problema mecânico ou elétrico, vejam quais podem ser os motivos.
Antes de qualquer coisa, é necessário ter três coisas para ligar a moto.
- Combustível
- Ar (compressão)
- Ignição
Se eles não estiverem em harmonia entre si, por exemplo, uma ignição fora-do-ponto, certeza que ocorreram problemas.
Se por acaso o motor esteja dando retrocesso, é sinal que o momento de ignição está avançado, isto acontece quando a energia da mistura do combustível é maior que a força da massa em movimento do piloto, o pistão volta na direção contrária causando uma força reversa no pedal de partida. Quanto maior o tamanho do motor e o grau de avanço da ignição, maior a força de reversão.
Andar com baixa velocidade pode superaquecer o motor, quando ocorre isto deixe o motor refrigerar até a temperatura voltar ao normal e verifique o sistema de arrefecimento (nível de água, ou colméia obstruída por jato, na lavagem). Outra possível causa pode ser a baixa compressão.
Normalmente quando se cai de moto, o carburador transborda pelos respiros, neste caso haja desta forma.
Primeiro, feche a torneira do tanque e abra o acelerador enquanto você da partida (Não utilize o afogador!).
Se mesmo assim o motor não pegar depois de umas 10 pedaladas pare e espere uns 15 minutos, para que o motor refrigere.
E se continuar a não pegar o motor, coloque uma vela nova, principalmente se a vela estiver molhada e mostrar sinais de sujeira.

Fonte: Moto esporte