Posts Tagged ‘mudanças’

Atenção para não perder a Inspeção Veicular

quarta-feira, março 10th, 2010

Motoqueiros fiquem atentos a Inspeção Veicular de 2010 que vem cheia de novidades. No ano passado ainspemotopenas caminhões e veículos fabricados à partir de 2003 eram obrigados a passar pela vistoria, neste ano as coisas são diferentes, TODOS terão que realizar a inspeção, inclusive as motocicletas e motonetas, exceto as de 2 tempos.

Caso o proprietário não faça a inspeção ficará impedido de fazer o licenciamento do veículo e até mesmo transferência de propriedade.

Os proprietários terão até 90 dias antes da data limite do licenciamento para realizar o procedimento.

Os proprietários que optarem pelo licenciamento antecipado recebem o Certificado de Registro de Licenciamento de Veículos, referente ao exercício vigente mesmo sem ter realizado a inspeção.

Mesmo assim ela deve ser feita seguindo o calendário, sob pena de ficarem impedidos de licenciar seus veículos em seu próximo exercício.

Os itens que serão avaliados são:

- Funcionamento irregular do motor;
- Vazamentos aparentes;
- Alterações no sistema de escapamento;
- Alterações nos itens de controle de emissões;
- Emissão de fumaça visível em motores de quatro tempos;
- Emissão de fumaça visível em motores de dois tempos
em veículos produzidos a partir de 2003;
- Insuficiência de combustível para a realização da medição de emissão.

Fonte: Controlar

Habilitando sua moto para o transporte de cargas

sexta-feira, fevereiro 19th, 2010

moto_bauVocê tem o desejo de transformar sua moto em uma maneira de ganhar uma graninha no fim do mês? Muitos tem este desejo mas não sabem como.

É importante saber que não basta instalar um “baú” e sair fazendo entregas por ai, é necessário seguir todas as normas da resolução nº 219 do Contran.

Elas são várias, mas segue abaixo algumas em destaque:

1-) Alterar o registro do veículo para a categoria “aluguel” junto ao DETRAN.

2-) Instalar placa de identificação da cor vermelha.

3-) Atender as dimensões corretas (altura x largura x comprimento) para os dispositivos de transporte de carga.

4-) Não ultrapassar o limite de carga máxima estipulada pelo veículo.

5-) Utilizar reflexivos luminosos especificados pela legislação tanto no baú, como no capacete e nos coletes.

6-) Instalar os dispositivos de transporte de carga somente nos pontos de fixação recomendados pelo fabricante do veículo.

Fonte: Honda