Posts Tagged ‘Novidades’

Scooter mais vendido do Brasil é renovado na Europa

segunda-feira, janeiro 20th, 2014

20-01-2014-1

Você sabe qual é o scooter mais vendido do Brasil? É o Honda PCX 150, e ele acaba de ser reformulado na Europa.

As diferenças visuais, no entanto, são pequenas. Ainda que com traços mais fluente, ele segue a mesma cara do atual modelo brasileiro. As boas novidades estão em outras partes do scooter.

Primeiro ponto a ser destacado é o tanque. Dos 5,9 litros de hoje, o PCX passará a ter tanque de 8 litros. Uma mudança considerável que aumenta bem a autonimia do veículo, ponto importante para uma moto de uso urbano diário.

Outra novidade que agradará os consumidores é o conjunto óptico. Mais sóbrio sem seu desenho, ele recebe luzes de LED, o que deve auxiliar na economia de bateria e mesmo combustível, garante a Honda.

Para tornar o veículo mais prático, a fabricante introduziu uma tomada de 12V, que pode ser utilizada para recarregar celulares e outros itens eletrônicos, grande sacada da honda. O assento está mais esportivo e perdeu o pequeno encosto na divisão de espaço entre o motociclista e o garupa. O motor, no entanto, continua o mesmo monocilíndirco de 13,5 cv.

As mudanças devem chegar em breve no mercado nacional. Isso mostra uma posição interessante da Honda em relação aos seus scooters: ainda que seja o mais vendido por aqui, a montadora não se dá por satisfeita e promove mudanças interessantes e importantes para se manter na liderança.

Até a próxima.

Motos e carros já dividem inúmeras tecnologias

terça-feira, janeiro 14th, 2014

14-01-2014-1

Quando há uma novidade no mundo motorizado, seja em motos, caminhões, ônibus ou carros, estes últimos sempre ganham mais holofotes por motivos óbvios.

Só que muita gente não sabe que as motos estão, tecnologicamente falando, no mesmo patamar dos automóveis e já dividem a maioria dos dispositívos existentes. Veja uma lista de alguns disposítivos que talvez você nem saiba que exista.

1. Modo de Pilotagem: nascida das motos para os carros, ele tem como função “domar” a potência e o comportamento do motor para diversas situações diferentes. Sucesso na Ducati e na Suzuki, o mesmo dispositívo pode ser encontrado no novo Audi RS 4 Avant.

2. Controle de tração: amigo antigo de carros luxuosos, o controle de tração já está presente em diversos veículos, incluindo motocicletas. Ele tem se tornado comum em motos dual propose, motard e supermotard, já que elas são projetadas para encarar terra e asfalto e condições climáticas diversas. Carros mais populares, como o New Fiesta da Ford também já contam com o ítem.

3. Freio ABS: obrigatório agora em todos os carros, o ABS está se tornando mais habitual em motos. Antes reservado apenas às grandes, hoje motos médias já contam com esse tipo de freio. Mas ainda aguardamos a sua chegada em motos pequenas e populares.

4. Função Start/Stop: tudo começou com o luxuoso e potente BMW M3. Mas a novidade pegou bem mesmo em motos e agora scooter de 150 cc, como o Honda PCX 150, já contam com o ítem. Motoqueiros garantem que diminui onsideravelmente o consumo pra quem usa moto no dia a dia, principalmente pra trabalhar.

5. Câmbio de dupla embreagem: já há alguns anos, carros mais sofisticados, como o Audi A8, por exemplo, trazem o câmbio automático com dupla embreagem. Uma tecnologia que chegou há pouco tempo nas motos. Atualmente, apenas a Honda utiliza câmbio com duas embreagens, nos modelos VFR 1200F e VFR 1200X Crosstourer.

6. Airbag: sim, está certo isso. Até airbag já chegou em motos. Mas só a Honda Goldwing conta com esse disposítivo.

Pra lista ficar legal mesmo, só faltava o trânsito e a legislação passarem a ser pensados também para os motoqueiros (e pedestres e transporte público) e não apenas para os automóveis.

Até a próxima.

BMW começa a produzir sua cafe racer

quarta-feira, dezembro 11th, 2013

11-12-2013-1

Motoqueiro, você já deve ter notado que o estilo cafe racer voltou a ganhar espaço no mercado. São motos nakeds vintage, com um toque de esportividade e muito do estilo bobber das antigas custom. Para coroar esse novo-antigo segmento, a BMW apresentou sua R nine T.

Baseada na Concept Ninety, que você viu aqui, a R nine T é uma legítima “cafe racer do século XXI”. Com moderno motor boxer de dois cilindros de 1.100 cc de 110 cv de potência e seis marchas, a motoca conserva a facilidade de customização das originais.

A montagem das três primeiras unidades foi acompanha por 100 esptadores dentro da fábrica de Berlim. Por enquanto, o modelo só existirá por pouco tempo, comemorando os 90 anos da divisão de duas rodas da BMW, mas se o sucesso for enorme, é possível que a marca bávara inclua a R nine T (ou outro modelo do segmento) em seu portfólio permanentemente.

Eu acharia muito bom, afinal, esse é um segmento cheio de charme e de fãs e não deixa de ser uma ótima alternativa para os amantes de urbanas que procuram algo diferente das nakeds esportivas japonesas.

Até a próxima.

Valkire volta à vida como novo modelo

terça-feira, dezembro 3rd, 2013

03-12-2013-1

Motoqueiro fã de monstruosas motocicletas de estrada, curta essa. Para ampliar sua gama de motos grandes estradeiras, a Honda reviveu o nome Valkire e preparou uma “muscle-bike” de botar medo.

Agora como sobrenome, Gold Wing Valkire, a nova motocicleta da marca utiliza a base da Gold Wing tradicional. Trazida à vida para competir com estradeiras “musculosas” como a Yamaha V-Max, H-D V-Rod e Triumph Rocket III, a Valkire carrega um motorzão de 1.800 cc de seis cilíndros (!!!).

Perto da Gold Wing tradicional, a Valkire perdeu toda a carenagem e ganhou um conjunto óptico diferente. Muito mais moderna, a Valkire perdeu 70 kg em relação a Gold Wing, mas continua com parrudos 317 kg!

Uma moto e tanto, mas falta ABS de série (apenas oferecido como opcional). E falta saber se o Brasil recebe a motoca em importação oficial (feita aqui, esqueçam).

Até a próxima.

Dois projetos elétricos serão apresentados pela Yamaha em Tóquio

terça-feira, novembro 26th, 2013

26-11-2013-1

(A PED, de proposta off-road)

Colega motoqueiro, fim do ano tem dois dos maiores salões de motos do mundo: Salão de Milão e Tokyo Motor Show. Ambos tem propostas diferentes. O gigantesco salão italiano é o momento para apresnetar novidades que serão comercializadas em breve (normalmente já no ano seguinte) e novas diretrizes das mascas. O japonês prima pelos conceitos e novidades, calcado em protótipos e inovações que servirão de base para desenvolvimentos futuros.

A Yamaha aproveitou então o Tokyo Motor Show para mostrar dois protótipo elétricos. De fato, a Yamaha busca recuperar a relevância, o prestigio e o mercado de outrora. Hoje, a amrca, em vendas, está muito atrás da conterrânea Honda. A chegada de motos europeias ao terceiro mundo também prejudicou a Yamaha em escala global.

A aposta, então, é começar a sair do tradicional e ousar com novos modelos, designs e propostas. Começou com a campanha da nova MT, a moto que mistura naked, sport e muscle de proposta urbana - “feita no lado escuro do Japão”, diz o slogan – e com os scooters retrôs feitos especialmente para a Itália.

Por isso, a marca preparou dois protótipos elétricos interessantes para o TMS. Ambos pesam menos de 100 kg e o fabricante garante que o motor elétrico dá a mesma emoção de um à combustão. O modelo PES é voltado para uso urbano, ao passo que o PED é próprio para off-road.

Os desenhos revelados são bem futuristas, mas nada além foi dito ou mostrado.

Mas, entre nós, muito doido uma moto off-road elétrica!

Até a próxima.

http://imguol.com/blogs/36/files/2013/11/PES1.jpg

(A PES, de proposta urbana)

Maxsym 600i para o Brasil

quarta-feira, novembro 13th, 2013

12-11-2013-1

Motoqueiros, vejam essa. Pouco mais de um mês depois da Dafra apresentar o Maxsym 400i no Salão Duas Rodas de São Paulo, em Milão veio a confirmação de que a versão 600i também chegará aqui, para engrossar ainda mais o (cada vez melhor) calda das maxiscooters no país.

O vsual é semelhante com o 400i, mas seu motor de 565 cc (sim, apesar do nome, ele não tem 600 cc, vai saber…) torna o scooter mais parrudo e “violento”. Além do mais, ele traz freios ABS e uma versão “sport”, com acabamento mais caprichado.

Assim como os outros scooters e motos da tailandesa Sym, esse modelo será vendido no Brasil pela parceira Dafra. De acordo com a empresa, o motor monocilíndrico gera 41,2 cavalos de potência e 4,40 kgfm de torque.

Não sei vocês, mas eu achei uma novidade e tanto. Perfeita pra rua e ótima pra estrada. Espero que o preço seja legal.

Até a próxima.

Harley apresenta motos médias em Milão

sexta-feira, novembro 8th, 2013

08-11-2013-1

Harley-Davidson Street 500. Linha ainda conta com a irmã maior de 750 cc

Fãs de Harley-Davidson, alegrem-se. A mítica marca estadunidense apresentou novas motos no Salão de Milão esta semana: a linha H-D Street.

A grande novidade dessa nova linha é que são motos médias que serão modelos de entrada da marca. Pela primeira vez, a Harley aposta em outro tipo de segmento, de 500 cc e 750 cc.

E por quê? Simples, visando mercados com muito potencial que consomem motos menores. Pensou em algum? Sim, no Brasil, por exemplo!

As custons mais vendidas por aqui ficam na faixa de 600 cc e 800 cc. A moto de entrada da Harley, a 883, compete com de outras marcas, mas oferece menos atrativos em detrimento de maior motor.

Com a linha Street, isso pode mudar! Nos EUA, elas custarão US$ 6 mil e US$ 7,5 mil. Por hora, serão montadas em território estadunidense e indiano. Chegará no Brasil, ainda que sem data precisa, pois não se sabe se será melhor montá-las aqui em Manaus ou importá-las da Índia.

Não deia de ser ótima novidade para nós, amantes das estradeiras. Eu torço pra que cheguem logo.

Até a próxima.

Salão da China mostra novo parâmetro de mercado

terça-feira, outubro 29th, 2013

29-10-201-1

Colega motoqueiro, a China é um dos maiores mercados da atualidade como todos sabem. Todos sabemos também que nessa época do ano, salões de motos pipocam pelo mundo e, obviamente, a China tem o seu.

Curiosamente, o que está rolando por lá mostra um novo perfil do mercado chinês. Se a tradição oriental, fomentada pelas gigantes japonesas, prefere motos de apelo esportivo e superspots com muita tecnologia, a China apresenta uma guinada para a tradição eruopeia, em que a preferência é por motos mais urbanas e maiores.

A cultura motociclística estadunidense, em que dominam grandes motos estradeiras, tem aceitação entre o público chinês, mas esbarra numa lei completamente maluca e contraditória do país. Mesmo tendo o maior mercado do mundo, é proibido o uso de motocicletas em estradas, sendo permitido apenas dentro das cidades. É, não faz sentido.

De toda forma, mostra que a cultura europeia de motos està atingindo não só o Brasil (já falamos da “invasão” - no melhor sentido – que o nosso país passou), mas também o mundo oriental. Será que um dia a Europa e os EUA invadirão o Japão, como o Japão já invadiu a Europa e os EUA? Só o tempo dirá.

Até a próxima.

Honda lança capacete baseado em seu novo scooter

segunda-feira, outubro 28th, 2013

28-10-2013-1

Colega motoqueiro, a Honda está mesmo interessada em divulgar seu novo scooter PCX. Para isso, lançou um belo capacete com traços e cores baseados na motinha.

O PCX é um belo scooter de 150 cc que traz o inédito sistema “start/stop” para desligar o motor quando estiver em amrcha lenta e religar ao primeiro toque de acelerador ou empreagem (coo o stand by da nossa TV).

Muito bem, o capacete, belíssimo, e’aberto, em plástico injetado, forro antialérgico removível e lavável e viseira anti-riscos. Traz, como todo bom capacete aberto, cinta jugular para ajuste micrométrico.

Além disso, traz grafismo exclusivo e será vendido nos tamanhos 56 e 58. A marca ainda não divulgou o preço do capacete. E eu já estou pensando em um pra mim, já que não é de hoje que procuro um bom capacete aberto! ;)

Gostou?

Até a próxima.

Supermotos que você vai encontrar Salão Duas Rodas

quinta-feira, outubro 3rd, 2013

03-10-2013-1

Colega motoqueiro, a cada dois anos rola em São Paulo o Salão Duas Rodas e alguns motoqueiros de plantão ficam agitados esperando pelas novidades. Então vamos falar um pouco das supermotos que você irá encontrar por lá entre os dias 8 e 16 de outubro.

A começar pela Honda, a linha de 2014 de todas motos até 300 cc ganharão novas cores. Pode aguradar um exemplar de cada no salão. A vedete dos brasileiros pode pintar também: a superesportiva média CBR 600 RR reformulada e reestilizada.

A conterrâna Suzuki já garantiu que seu grande lançamento do semestre estará por lá: a Inazuma 250, uma street com linhas baseadas na B-King. As novas Hayabusa com ABS e a GSX-R 1000 também tem rpesença garantida.

Ainda do Japão, a Kawasaki mostrará a Ninja 1000 2014. O modelo, que na Europa recebe o nome de Z 1000 SX aparece primeiro aqui, já que sua estreia por lá será no tradicionalíssimo Salão de Milão, em novembro.

Falando em Milão, a italiana MV Agusta tem tudo pra ser uma das marcas mais visitadas pelos amantes de motos potentes. Representada no Brasil pela Dafra, a marca confirmou três novos modelos: Brutale, F3 e Rivale, todos com motor de 800 cm³, além da atualização da versão 1090 da Brutale e da F4 RR. Sem contar que toda sua linha será nacionalizada até julho de 2014. Ou seja, a MV Agusta vale uma visita de todos os visitantes.

Fique ligado aqui para saber mais novidades. Em breve, abordaremos o que pode pintar em outras marcas.

Até a próxima.