Posts Tagged ‘pneu’

Pirelli faz teste inusitado em porta-aviões com o piloto Max Biaggi

sexta-feira, abril 12th, 2013

12-04-2013-1

Colegas motoqueiros, a Pirelli está lançando um novo pneu para nakeds e sports. Para divulgar o produto, decidiram propor um desafio diferente: convidaram o atual campeão do Superbike, Max Biaggi, para acelerar uma moto em um porta-aviões com a pista molhada e depois frear.

E não é que o piloto, aposentado em 2012, aceitou?

Biaggi acelerou uma Kawasaki Ninja 1000 (chamada de Z1000SX na Itália) até 100 km/h e freou a partir de um ponto pré-determinado. Isso tudo na base naval de Taranto, Itália.

Mesmo pilotando uma Kawasaki, Max usou seu tradicional macacão da Aprilia. O pneu chama-se Angel GT e tem como característica o desempenho e, obviamente, a boa aderência mesmo em solos molhados, como mostra o vídeo do desafio aqui.

Doidera, hein? Você encararia um desafio assim?

Até a próxima.

A hora de trocar os pneus

sexta-feira, abril 30th, 2010

Trocar os pneus é aparentemente uma tarefa fácil mas é necessário ficar atento a alguns cuidados básicos para aumentar a durabilidade e manter seu pneu em ordem para não correr risco de acidentes.

pneumotoPrimeiro é importante ficar atento as especificações da fabricante para trocar os pneus, mas normalmente eles seguem a seguinte orientação - desde que sejam originais de fábrica:

1-) Motos esportivas: 10.000 km
2-) Motos Custons: 12.000 km

Vale lembrar que isto é uma orientação, se os pneus já estiverem praticamente sem frisos na faixa central ou que a moto está instável (mesmo estando calibrado) significa que é hora de trocar

Chegado o momento da troca, de preferência a fazê-lo em uma máquina de montagem, esta regra acentua-se ainda mais se as rodas forem raiadas. De preferência utilize o mesmo modelo de pneu que veio da fábrica.

E atenção, se o pneu for novo é sempre importante dar uma “lixada” nele antes de utilizar para retirar a camada de cera. Para fazer isto é simples:

1-) Dianteiro: Use uma lixa grossa de qualquer tipo e passe em toda banda de rodagem
2-) Traseiro: Em uma área de areia ou cascalho fino e dê uma patinada com no mínimo duas voltas no pneu.

Fonte: G1

Alinhamento e balanceamento garante segurança ao motociclista

quarta-feira, dezembro 23rd, 2009

Aros amassados, raios frouxos, desgaste prematuro dos rolamentos do cubo da roda e até uma queda da motocicleta são fatores que causam obalanceamento desalinhamento das rodas.

Este desalinhamento gera vibrações desagradáveis no guidão, desgaste prematuro nos pneus, dificuldades em fazer curvas. Estes fatores juntos (ou separados), dificultam muito a pilotagem e podem causar um terrível acidente.

Para evitar estas situações é de extrema importância que você faça as revosões preventivas e mantenha a moto sempre balanceada e alinhada, sendo que o alinhamento e balanceamento das rodas devem ser feitos principalmente na hora da troca do pneu ou quando algum dano for constatado.

Fonte: Infomoto

Pirelli apresenta lançamento no Salão Duas Rodas

terça-feira, outubro 6th, 2009

A Pirelli, apresenta na 10ª edição do Salão Duas Rodas equipamentos com visual inovador e alto rendimento quilométrico.Estes novos modelos são o resultado do trabalho contínuo de Pesquisa e Desenvolvimento da
empresa, onde foram investidos cerca de 300 milhões de dólares para inovação tecnológica das fábricas e na renovação de portfólio.

Conheça as características dos novos modelos:

Duratraction, ideal para uso em asfalto e terra: Com custo-benefício melhor, ele oferece ao usuário maior durabilidade, apresentando rendimento quilométrico até 30% superior à geração anterior. O Duratraction possui banda de rodagem com desenho inovador, que proporciona melhor tração em terrenos não pavimentados, evita oduraction desgaste irregular e transmite maior segurança em pisos molhados. Ele também possui geometria aperfeiçoada, o que permite melhor performance e dirigibilidade em todos os terrenos.

Sport Dragon adiciona emoção ao dia-a-dia: Além do transporte no dia-a-dia da cidade, o pneu se destaca, principalmente, no desempenho esportivo das estradas. Voltado ao mercado de reposição nacional e mais acessível ao consumidor deste segmento, este produto foi desenvolvido para pilotos que utilizam suas motos como um meio de transporte, mas não deixam de usufruir do prazer de uma pilotagem mais esportiva no fim de semana.

Angel ST, um pneu com dupla personalidade: No desenho da banda de rodagem deste novo produto, é possível ver a figura de um anjo ou um demônio. Na verdade, o desenho muda de acordo com o desgaste do produto, assim como as marcas deixadas no chão. Dessa forma, o anjo em baixo relevo desenhado no pneu pode se transformar em demônio. Por isso, é possível dizer que o Angel ST tem duas personalidades:confiável e esportivo.
Night Dragon, visual moderno e alto desempenho: Este pneu tem performance esportiva para manobras mais ousadas e seu composto foi desenvolvido para que a banda de rodagem aqueça mais rápido e uniformemente, permitindo que o pneu comece a trabalhar de forma mais eficiente logo no início da pilotagem. No pneu traseiro do Night Dragon, a banda de rodagem tem um design personalizado para proporcionar aderência e estabilidade. As ranhuras distribuídas entre o centro e as bordas do pneu eliminam o restante da água proveniente do pneu dianteiro.

Fonte: FSB Comunicações

Urina de animais estraga os pneus

segunda-feira, julho 20th, 2009

Por que os cachorros sempre gostam de fazer xixiem pneus? Cães são atraídos pelos cheiros que sentem nas rodas que passam por vários lugares.

Porém a  freqüência da urina  pode acabar com qualquer tipo de roda, seja ela de ferro ou alumínio por causa do ácido presente no xixi e que causa oxidação.xixicao

Os estragos causados nas rodas por esse motivo são vários, pois a urina separa a tinta do alumínio:  manchas, rodas descascadas, corrosão, deterioração do bico e dos parafusos.

Uma maneira prática de acabar com o problema é comprar produtos especializados, que afastam os animais de perto do pneu.

Alguma outra sugestão?

Cuidado quando quiser colocar um pneu mais largo

segunda-feira, maio 18th, 2009

Diversas motos — desde pequenas 125 cc até nakeds de alta cilindrada — são “alvo” da moda que prega a troca de pneus de medidas originais por modelos mais largos e pode acabar se revelando perigosa. Entenda o porquê.

Pneus com perfil mais alto ou mais largo podem trazer prejuízos com quebra de componentes, desgaste prematuro da relação e da banda de rodagem do próprio composto, além disso, o consumo aumenta. Ocorre um tem desgaste prematuro devido ao pneu ser mais pesado, afeta o velocímetro e o hodômetro.

E os problemas não param por ai. Outros componentes como a balança, pneulargoprotetor de corrente e para-lamas podem sofrer avarias com o componente fora das especificações originais.

Corre-se o risco do pneu mais largo não entrar na balança, raspar no para-lama dianteiro e na parte inferior do paralama traseiro. Neste último caso, o pneu pode raspar no para-lama antes da suspensão chegar ao final do curso, acarretando em uma possível quebra da peça plástica.

Se o motociclista não souber qual a medida original dos pneus da moto, deve consultar o manual do proprietário. Lá estão informadas as medidas e pressões corretas a serem utilizadas. Não tem como errar.

Fonte: Uol

O que fazer quando o pneu de sua moto fura?

terça-feira, maio 5th, 2009

roda1

Pode-se empurrá-la até o borracheiro ou utilizar os reparadores de pneus. Eles agem instantaneamente e permitem que você chegue até um local que conserte o pneu. Para evitar estas situações, faça uma inspeção diária no estado dos pneus.

Troque-os sempre que estiverem desgastados, além do limite de segurança. Com a câmara a situação é a mesma. Quanto mais novos, mais difíceis de furar.

O remendo a frio é o recurso mais indicado para vedar furos, mas requer muita prática do motociclista.

Caso contrário, um simples furo pode virar um rasgo. Porém, se o motociclista já souber fazer o remendo a frio, o que exige algumas ferramentas para desmontar a roda, uma boa dica é comprar um kit para troca, que vem com remendo, bomba de ar, lixas, espátulas e cola.

A maioria dos furos acontece na roda traseira. Para levar a moto até o borracheiro mais próximo, o motociclista deve sentar-se no tanque para aliviar o peso da parte traseira. Evite andar muito tempo nessa condição para que o pneu não acabe sendo rasgado. Se o furo ocorrer na roda da frente, a locomoção é mais difícil.

O correto é sentar-se sobre o bagageiro, o que diminui a dirigibilidade. Nos dois casos se deve andar em baixa velocidade e evitar os buracos. Boa idéia é levar uma câmara reserva em viagens de percursos mais longos, e um reparador de Pneu.

Caso o furo seja na traseira, o motociclista não deve esquecer a tensão da corrente ao recolocar a roda para que não fique frouxa ou solta. Além disso, tem de se certificar se ela está perfeitamente alinhada.

Fonte: Moto Segurança

O que fazer quando o pneu furar

quarta-feira, dezembro 17th, 2008

Quando o pneu fura você tem duas opções de como proceder ou empurrar até um mecânico, ou utilizar reparadores de pneus. Estes por sua vez, como agem instantaneamente permite que você consiga chegar a algum local que conserte. Mas para evitar este tipo de situação, inspecione os pneus diariamente para ver o estado em que eles se encontram, troque-os sempre que estiverem desgastados.
Para vedar furos, o recurso mais utilizado é o remendo a frio, entretanto este necessita de muita prática do motociclista, caso contrário um simples furo pode vir a se tornar um rasgo. Porém se o motociclista souber fazer o remendo, o qual necessita de ferramentas para desmontar a roda, uma ótima dica para isto é você comprar um kit para troca, que já vem com remendo, bomba de ar, lixas, espátulas e cola.
Como a maioria dos furos acontece no pneu traseiro, o motociclista para levar a moto até o borracheiro mais próximo ele deve sentar-se no tanque para aliviar o peso da parte traseira da motocicleta, evite andar pouco tempo nesta posição para que o pneu não rasgue. Caso o furo ocorra na roda dianteira, a forma de locomover a moto é mais difícil, pois o correto é sentar-se no bagageiro, o que diminui a dirigibilidade. Em ambos os casos, sempre deve andar em baixa velocidade e evitar buracos.
Lembre-se sempre se for você mesmo que ira trocar a roda por causa de pneu furado. Quando for a roda traseira não esqueça a tensão da corrente ao recolocá-la para que a roda não fique frouxa ou solta.

Fonte:Moto Esporte