Posts Tagged ‘proteção’

Honda lança capacete baseado em seu novo scooter

segunda-feira, outubro 28th, 2013

28-10-2013-1

Colega motoqueiro, a Honda está mesmo interessada em divulgar seu novo scooter PCX. Para isso, lançou um belo capacete com traços e cores baseados na motinha.

O PCX é um belo scooter de 150 cc que traz o inédito sistema “start/stop” para desligar o motor quando estiver em amrcha lenta e religar ao primeiro toque de acelerador ou empreagem (coo o stand by da nossa TV).

Muito bem, o capacete, belíssimo, e’aberto, em plástico injetado, forro antialérgico removível e lavável e viseira anti-riscos. Traz, como todo bom capacete aberto, cinta jugular para ajuste micrométrico.

Além disso, traz grafismo exclusivo e será vendido nos tamanhos 56 e 58. A marca ainda não divulgou o preço do capacete. E eu já estou pensando em um pra mim, já que não é de hoje que procuro um bom capacete aberto! ;)

Gostou?

Até a próxima.

Capacete com revestimento que imita carne humana

quarta-feira, abril 28th, 2010

skin

O título parece estranho, mas é real. Visando diminuir o índice de mortes de motociclistas no trânsito o inglês Ken Phillips criou um revestimento que imita carne humana e - graças a isto - é capaz de aumentar a proteção dos motoqueiros em até 67.5%.

Quando o motoqueiro sofre um acidente e tem a cabeça impactada com o asfalto ou outra superfície dura, quando sua cabeça gira ao redor do pescoço, e a massa cinzenta vai batendo contra a parede do crânio por consequência do movimento.

O capacete com este revestimento especial impede que estes “solavancos” no cérebro aconteçam pois, com o impacto, o revestimento cede ao choque e gira ao redor do capacete no lugar da cabeça.

O material que cobre este capacete também se retrai até oito vezes, diminuindo o impacto. Fabricado pela Lazer Helmet, o SuperSkin Solano ainda não tem previsão de comercialização aqui no Brasil.

Fonte: Globo

Jaqueta airbag

terça-feira, novembro 3rd, 2009

No momento da concepção de um novo modelo de motocicleta, osjaqair fabricantes sempre se focam em dois pontos principais: segurança e medidas de suavizar o impacto causado por elas ao meio-ambiente.

O problema do meio-ambiente está sendo em parte resolvido, com a invenção de motos elétricas além das adaptações ao PROMOT 3. Já a da segurança ainda está engatinhando, inclusive o sonho de se ter uma moto com airbag não estaria muito distante.

Enquanto a moto não ganha este item de segurança, os motoqueiros podem aproveitar a “jaqueta airbag”, composta por tecidos de resistência à abrasão, refletores 3M, ombreiras, cotoveleiras e um sistema de absorção de impacto.

O funcionamento é simples. Um fio espiral é fixado na motocicleta e na jaqueta, quando o motociclista e a motocicleta são separados, o fio espiral puxa uma “chave” de um sistema de liberação de gás, o gás inerte infla a almofada de ar e então a jaqueta inflada provê a proteção necessária ao impacto.

As jaquetas possuem um preço sugerido, no atacado, que variam de R$ 320 a R$ 460.

Fonte: Motovrum

Como se proteger do frio

segunda-feira, junho 22nd, 2009

O frio está duro de agüentar, se estiver em cima de uma moto, pior ainda! E olha que nem chegamos no inverno ainda. Como então continuar pilotando sua máquina e não sentir tanto frio?

Seguem algumas dicas:

1-) Utilizar um casaco fechadomotofrio

2-) Preferir o capacete fechado

3-) Luvas de cano maior para sobrepor a manga do casaco e não deixar o vento canalizar e botas.

4-) Se o frio for muito intenso e você pego de supresa, forre internamente o peito e as canelas com jornais barra o frio, mantendo o calor interno, pois funcionam como isolantes térmicos.

5-) Evitar a canalização do vento pelas mangas do casaco: Amarre os punhos com barbante ou elástico, diminuindo a entrada de ar.

Fonte: IG

Capacete - A série

terça-feira, fevereiro 10th, 2009

Hoje daremos início a uma série especial sobre capacetes.

Além de um item fundamental para a segurança e equipamento previsto por lei para todos os motoqueiros, o capacete traduz um pouco do estilo de cada motociclista, além de possuírem características que se adaptam aos mais variados tipos de situações.

Integral:

É fechado, com formato que confere maior resistência a toda a estrutura.

Ponto Negativo: Embaça a viseira com mais facilidade e fica muito quente nos dias de calor, além de ser mais caro.

Ponto Positivo: Oferece maior proteção (por isto o alto preço) e tem mais materiais e funcionalidades como canais de circulação de ar, forros removíveis, etc.

Todo Terreno:

Tem um formato muito próprio que inclui uma proteção para os diversos tipos de terreno, protege de pedras, lama e poeira. Indicado para esportes.

Híbrido ou “Escamoteável”:

Permite abrir/deslocar para cima à parte do queixo do capacete.

Ponto Positivo: Ideal para grandes viagens, pois permite descansar um pouco a cabeça e respirar melhor nas paradas, sem ter que retirá-lo. Indicado para quem utiliza óculos.

Aberto:

Protege apenas as orelhas e as partes laterais do rosto. O nível de segurança deste capacete é baixo, pois não possui proteção para o queixo e a maioria deles não tem viseira. A falta de aparato mais seguro reduz o preço deste capacete que é indicado para uso na cidade.

Coquinho:

No Brasil o uso é ilegal, cobre apenas a parte superior da cabeça. Utilizado normalmente para demonstrações e motociclistas de “Harleys”.