Posts Tagged ‘Sundown’

Os principais lançamentos do Salão Duas Rodas

segunda-feira, outubro 19th, 2009

A 10ª edição do Salão Duas Rodas terminou, e o principal evento do setor de motocicletas na América Latina trouxe dezenas de novidades. Confira as principais novidades de cada uma das marcas apresentadas no Salão:

 BMW: A marca alemã mostra no salão Duas Rodas três lançamentos: A G 650 GS, a F800 R e a S 1000 RR, a superesportiva de 1000 cc e 193 cv de potência que chega no país em março do ano que vem, a partir de R$ 66s2rodas4 mil.  

Buell: As novidades no estande da Buell são a versão 2010 da 1125 CR e a 1125 R, ambas de 146 cv de potência. Outra novidade é a Ulysses XB12X de 1.200 cc e 94 cavalos de potência.

Dafra: Com uma nova parceria, a Haojue, a marca traz para o mercado nacional a scooter Smart de 125 cc e a moto esportiva Apache de 150 cc - que chega em fevereiro.  

Ducati: A marca italiana apresenta  a Desmosedeci RR, réplica da MotoGP e a Streetfighter 1098, eleita a motocicleta do ano na Itália em 2008.   

Harley-Davidson: O lançamento mundial Fat Boy LO e a versão 2010 da linha VRod que será fabricada no país são os destaques da marca na exposição.  

Honda: A empresa mostra a CB 300R e XRE com freios ABS.

Husqvarna: Para a o salão a marca sueco-italiana traz toda a linha TE, desde a TE 250-ie até a TE 510-ie, equipadas com motor monocilíndrico de 4 tempos.   

Kasinski: Entre as novidades estão o modelo popular Win, com preço sugerido de R$ 3.990, e a scooter Electra Prima, com autonomia de 50 km, que custa R$ 5.290.

Kawasaki: Com a fábrica em Manaus recém-inaugurada, a marca japonesa anunciou a nacionalização de três modelos: a Ninja 250R que custará R$ 15.550, a Z750 - que partia de R$ 39 mil - será vendida por R$ 33.990 e a Kawasaki ER-6n que chegará no segundo semestre de 2010.

Sundown: Entre muitas reestilizações, a marca mostra na exposição alguns lançamentos como a Future elétrica, a scooter Outlook de 150 cc e a V-Blade com novo motor que deixa o dois cilindros em V e passa a ser monocilíndrico.

Suzuki: Quem rouba a cena é a nova versão da Hayabusa 1300 cc que já está disponível por R$ 61.200.  

Traxx: A Traxx apresenta a Joto Flex, que chega ao país em junho de 2010 e promete ser a primeira moto chinesa bicombustível.  

Triumph: A marca britânica traz para o salão a série especial Daytona 675, primeira superesportiva com motor de três cilindros de peso médio.  

Yamaha: As estrelas do estande da Yamaha são a YZR-M1, utilizada pelo piloto de Moto GP Valentino Rossi, a nova YZF-R1 (que chega em janeiro por cerca de R$ 60 mil) e a VMax de 1.700 cc.

Fonte: G1

As populares estão ganhando espaço

quinta-feira, janeiro 8th, 2009

Nos últimos anos as marcas de motocicletas que dominavam o mercado de motos populares eram Honda, Yamaha e Suzuki, mas seu seguimento de máquinas de até 250 cc foi atingido com a chegada da Dafra e da Sundown.

Segundo a Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Biciletas e Similares (Abraciclo), até julho do ano passado a Sundown vendeu um total de 51.644 unidades e a Dafra 53.977, considerando que a Dafra iniciou sua produção no país no inicio do ano de 2008 e a Brasil & Movimento, detentora da marca Sundown em 1993, são números bem relevantes.

Só com o modelo Super 100 a Dafra conquistou um numero de unidades vendidas de 12.499 e a Sundown 15.284 unidades com a Web Evo 100.
Para se destacar do mercado a Sundown preferiu investir na pós-venda e na oferta de dois anos de garantia, a rede de concessionárias tem aproximadamente 270 lojas espalhadas por todo o país, esperam que ate o final deste ano tenham 360 concessionárias.
Já a Dafra Motos conta com a experiência da distribuidora de veículos que a fundou, o Gupo Itavema, tem como meta atingir a venda de 60 mil motocicletas coisa facilmente de ser dobrada já que investiu absurdamente na publicidade.

Fonte: Uol