Posts Tagged ‘suspensão’

Amortecedor não é eterno

quinta-feira, agosto 22nd, 2013

22-08-2013-1

Colega motoqueiro, como tudo na nossa vida, os amortecedores de nossas motos não são eternos. Acontece que muitos simplesmente nem cogitam fazer manutenção e trocá-los.

Com o passar do tempo (e dos vários buracos), os amortecedores vão perdendo sua eficiência. Como isso é gradual, muitos simplesmente se acostumam com essa perda e esquecem-se de verificar essa peça fundamental para segurança e conforto do motoqueiro.

A verdade é que mesmo que você só circule por ruas muito bem pavimentadas (se sim, me conte onde) e em baixa velocidade, os amortecedores terão de ser trocados um dia. O que muda é a duração de sua vida útil.

Na verdade, um amortecedor já ineficaz não amortece mais impactos (óbvio) e pode causar, em casos extremos, rachaduras no chassi ou no quadro da motocicleta. E, acredite, você não quer isso.

Pelo mesmo motivo, na suspensão dianteira há necessidade de substituição do óleo e das molas internas. Quando não há par de amortecedor na moto, claro.

Fique esperto e não descuide da sua motoca.

Até a próxima.

Recall de motos Fazer 250

quarta-feira, novembro 18th, 2009

yamahafazer250

Parece que as fabricantes de motos não querem ficar para trás das de veículos e estão seguindo a tendência de convocar recalls. Agora é a vez da Yamaha convocar os proprietários das motocicletas Fazer 250 e Fazer 250 Limited Edition para comparecerem a uma concessionária autorizada para substituição de componentes da suspensão traseira.

Em comunicado, a empresa informa que, em razão de uma falha na lubrificação em algumas peças do braço relê, há possibilidade de travamento do sistema de amortecimento, o que pode ocasionar quebra das hastes conectoras que unem o mencionado sistema ao garfo.

A conseqüência deste “probleminha” é que o suporte da licença entre em contato direto com o pneu, podendo causar perda de controle da moto e risco de acidente.
Em caso de dúvidas, entre em contato pelo o tel. (0800) 772-8822 ou pelo site www.yamaha-motor.com.br.

Confira os chassis:

Fazer modelo 250 ano-modelo 2006-2008: chassi 9C6KGO17060000001 a 9C6KG017080119994.

Fazer modelo 250 Limited Edition ano 2008: chassi 9C6KG027080000001 a 9C6KG027080005100.

Não tenha problemas ao dar a partida

sexta-feira, dezembro 19th, 2008

Muitos motociclistas têm problemas na hora de dar a partida em sua motocicleta, muitas vezes só pensam em melhor o desempenho do motor ou suspensão e acham que não tem nenhum problema se o motor pegar só em 4 ou 5 partidas. Pois não esta tudo bem, uma partida difícil geralmente indica algum problema mecânico ou elétrico, vejam quais podem ser os motivos.
Antes de qualquer coisa, é necessário ter três coisas para ligar a moto.
- Combustível
- Ar (compressão)
- Ignição
Se eles não estiverem em harmonia entre si, por exemplo, uma ignição fora-do-ponto, certeza que ocorreram problemas.
Se por acaso o motor esteja dando retrocesso, é sinal que o momento de ignição está avançado, isto acontece quando a energia da mistura do combustível é maior que a força da massa em movimento do piloto, o pistão volta na direção contrária causando uma força reversa no pedal de partida. Quanto maior o tamanho do motor e o grau de avanço da ignição, maior a força de reversão.
Andar com baixa velocidade pode superaquecer o motor, quando ocorre isto deixe o motor refrigerar até a temperatura voltar ao normal e verifique o sistema de arrefecimento (nível de água, ou colméia obstruída por jato, na lavagem). Outra possível causa pode ser a baixa compressão.
Normalmente quando se cai de moto, o carburador transborda pelos respiros, neste caso haja desta forma.
Primeiro, feche a torneira do tanque e abra o acelerador enquanto você da partida (Não utilize o afogador!).
Se mesmo assim o motor não pegar depois de umas 10 pedaladas pare e espere uns 15 minutos, para que o motor refrigere.
E se continuar a não pegar o motor, coloque uma vela nova, principalmente se a vela estiver molhada e mostrar sinais de sujeira.

Fonte: Moto esporte

Motocicleta dos sonhos

quarta-feira, novembro 12th, 2008

Fighter

A nova Fighter pode chegar a 306 km/h, fabricada com os melhores materiais, possui um chassi especial feito de fibra de carbono, titânio e alumínio.

Serão fabricadas exclusivamente 45 destas motos, sendo que 3 delas já tem dono.

Segundo o fabricante, sua geometria é otimizada para uma jornada sensorial de alto movimento média e longa, com uma proporção de torque maximizada, estética fresca, industrial, escultural holística e honesta, além de uma facilidade de uso, são otimizadas o motor, suspensão, ergonomia de luxo.

Essa máquina modesta sai simplesmente por U$ 110 mil.

Fonte: Hypescience