Posts Tagged ‘Triumph’

Brasil sorriu para a Triumph em 2013

quinta-feira, janeiro 9th, 2014

09-01-2014-1

As vendas de motos no Brasil caíram em 2013. Isso é um fato, colega motoqueiro. Os motivos são muitos, desde medo de roubos e furtos até dificuldade de crédito. Quem sofreu foi o segmento de motos pequenas e utilitárias, responsável por mais de 50% de todo mercado nacional.

Porém, as marcas de “luxo” e os segmentos de motos médias e grandes viram as vendas irem muito bem, obrigado. E se tem uma montadora que comemorou, essa foi a Triumph.

A ascensão da Triumph no Brasil foi rápida. A tradicional fabricante britânica de motocicletas desembarcou no mercado brasileiro em outubro de 2012 e, com pouco mais de um ano, já aumentou a produção por conta da elevação da demanda, bateu metas de vendas e duplicou a linha de modelos.

Chegou apenas com três modelos fabricados em Manaus: a Tiger 800 XC, a Speed Triple e a espetacular Bonneville T100. Hoje, pouco mais de um ano depois, a marca já conta com 12 modelos no portfólio.

E mais: a estimativa era vender 2.500 unidades até o inicio de 2014. Em dezembro de 2013, mais de 2.900 unidades já estavam nas ruas. Tanto que, para este ano, a meta subiu para 3.500 unidades. Alguém aí duvida que os ingleses conseguem? Se depender de mim, espero que pelo menos tenha uma Bonneville a mais nas ruas em 2014…

Até a próxima.

Naked de 250 cc da Triumph é flagrada

quarta-feira, dezembro 18th, 2013

18-12-2013-1

Vou confessar uma coisa, colega motoqueiro: eu estava achando muito estranho a Triumph anunciar uma minisport sem pensar numa naked pequena. Eis que ela aparece.

Primeiro, os motivos da minha desconfiança: todas as mini-esportivas são baseadas, em desenho, ciclística e motorização em pequenas nakeds. Além disso, se a proposta é fazer a cabeça de consumidores de mercados emergentes, as streets são a aposta segura, pois é o modelos que vende com mais facilidade, muito por conta de seu preço.

Por isso a Triumph, que de boba não tem nada, preparou, na surdina, uma street de 250 cc baseada em sua naked média Street Triple. A motorização deve ser, claro, a mesma a Daytona 250, mas a Triumph, espertalhona, não abriu o bico a respeito do projeto. Nem confirmou e nem negou.

Depois dessa foto aí de cima, não dá pra negar que algo tem, né?

Se ficar pronta e comercializável em breve, pode apostar que ela desembarca no Brasil. E feita aqui mesmo!

Até a próxima.

Flagra da Triumph 250 na Europa

sexta-feira, dezembro 6th, 2013

06-12-2013-1

Motoqueiros do Brasil, como vocês já ficaram sabendo aqui, a Triumph tem uma minisport de 250 cc nos planos. Pois a motoca foi flagrada dando ma volta pela Europa.

Pelo que se nota, ela lembra os traços da Daytona, de quem deve, inclusive, herdar o nome. A ideia é que a moto chegue até 2015 em mercados crescentes, como Índia e Brasil.

A importância desse modelo para a montadora é que ele inaugura um segmento inédito pra marca: a de motos pequenas. É a primeira moto da Triumph com motor abaixo de 500 cc.

Mostra também que os ingleses decidiram entrar na briga por novos mercados pra valer e decidiram firmar os pés em seus novos mercados. Para o Brasil, dependendo do preço, será sucesso absoluto.

Alguém duvida?

Até a próxima

Triumph inaugura segunda loja em São Paulo

quarta-feira, novembro 27th, 2013

27-11-2013-1

Esta semana, colegas fanáticos pela Triumph, uma nova concessionária da marca foi inaugurada em São Paulo.

Chamada de Autostar Triumph, essa é a nona loja da montadora, que conta com revendas em Ribeirão Preto (SP), Porto Alegre (RS), Brasília (DF), Curitiba (PR), Belo Horizonte (MG), Rio de Janeiro (RJ) e Florianópolis (SC), além de outra já em São Paulo.

A nova loja, assim como as demais do mundo, conta com showroom e oficina completa. Essa unidade venderá os nove modelos atuais da marca no Brasil, mas em 2014 incluirá os demais modelos confirmados, totalizando 15. Além, claro de roupas e acessórios originais.

A inglesa não para de crescer e veio mesmo pra ficar.

Até a próxima.

Marcas de luxo apostam em modelos menores

segunda-feira, novembro 25th, 2013

25-11-2013-1

(Harley-Davidson Street 750, customizada para provar que é uma autêntica H-D)

Colega motoqueiro, existem marcas de moto voltadas ao público relamente rico que pode gastar mais de R$ 30 mil num modelo: BMW, Harley-Davidson, Triumph, KTM… Acontece que todas essas montadoras apresentaram um traço semelhante em 2013: pensar em novos consumidores com modelos de entrada mais baratos e menores.

De Milão veio a confirmação que a KTM voltaria para o Brasil e traria seus modelos menores de 400 cc. Isso já deixa o mercado de motos pequenas e médias mais parrudo, pois é uma amrca de luxo investindo nessa faixa de potência e preço.

A Triumph mostrou, também em Milão, o projeto que será de sua minisport de 250 cc. A marca “encolheu” de vez para abocanhar um segmento forte em mercados emergentes, como Índia e Brasil.

A Harley-Davidson impressionou ao fazer motos médias de 500 e 750 cc. A linha chamada de H-D Street desagradou alguns puristas mais ricos, que afirmaram que diminuir o motor faz perder o conceito da marca. Essa motos, também direcionadas a mercados menores, serão montadas a princípio nos EUA e na Índia, mas certamente chegarão ao Brasil.

A BMW diminui para 650 cc. Mas foi mais longe: apresentou scooters e firmou parceria com a montadora indiana TVS, o que leva a crer que pretende olhar para modelos menores também.

Ainda não sabemos como será a introdução dessas montadoras nos segmentos menores, lembrando que o diferencial delas não são apenas as motos,mas todo serviço exclusivo de auxilio ao consumidor, que começa assim que você adentra uma de suas concessionárias.

O que você acha? Uma boa proposta?

Até a próxima.

Triumph confirma esportiva de 250 cc em Milão

segunda-feira, novembro 11th, 2013

11-11-2013-1

Como não podia deixar de ser, motoqueiros do Brasil, o Salão de Milão está bombando de novidades. E muitas chegarão ao mercado brasileiro.

Uma delas é a Triumph de 250 cc. A marca inglesa passará a montar uma moto pequena pela primeira vez em sua história. Será uma minisport pensada para mercados nos quais esse segmento faz sucesso.

Brasil está na rota, lógico!

A moto, porém, ainda é só um projeto (mesmo que já confirmado) e pintou por lá apenas como um desenho no telão. Portanto, nada de detalhes técnicos, apenas que a moto terá um cilíndro somente. O que suspeitamos é que seu design siga as linahs da esportiva média Daytona 675 (ah, vá…).

A moto deve ser vendida somente em 2015 e, segundo Paul Stoud, diretor mundial de vendas da montadora inglesa, ainda estão analisando se a moto será montada no Brasil ou importada.

Vai um palpite sincero agora: a Triumph monta nada menos que 15 modelos no Brasil. Você acha mesmo que deixará de montar por aqui um modelo de 250 cc, que tem a possibilidade de ser a moto mais vendida da marca, visto o gosto do brasileiro por esse segmento?

Até a próxima.

Supermotos que você vai encontrar no Salão Duas Rodas – Parte 3 - Triumph

segunda-feira, outubro 7th, 2013

07-10-2013-1

A maravilhosa café racer Triumph Thruxton pode estar perto do Brasil

Dando continuidade às dicas que estamos passando sobre o que encontrar e esperar do Salão Duas Rodas desde ano, que começa no dia 8 de outubro em São Paulo, hoje falaremos de uma icônica e “misteriosa” marca que não para de ganhar adeptos: Triumph.

Se você, como eu, é fã das inglesas de três cilindros será “obrigado” a passar por lá. Além de ver de perto as motocas produzidas e vendidas no Brasil pela marca, como a espetacular Boneville, a marca promete novidades que serão produzidas aqui – além das oito já nacionalizadas.

Acontece que os ingleses decidiram ficar de segredinho e não revelar quais modelos estarão no Brasil. Mas garantiu: serão mais sete modelos, quase dorbando sua atual linha nacional, que passará a contar com 15 motos.

Ainda sem nada confirmado, boatos dizem (e torcem para) que a Explorer XC, a Thruxton e a Trophy estarão presentes nessa “listinha”.

De fato, os ingleses gostaram do Brasil, que já gostava dos ingleses.

Até a próxima.

Triumph dispõe nova cor para Street Triple quase secretamente

segunda-feira, setembro 2nd, 2013

02-08-2013-1

Motoqueiro, com certeza você conhece a bela naked média da Triumph, a Street Triple. Já a venda no Brasil, agora ela pode ser adquirida em uma nova cor: verde.

Antes só existiam as opções banca, azul ou preta. O verde da marca inglesa, comercialmente chamado de Cosmic Green tem acabamento metálico e brilhante. Tornou a moto mais “alegre e tropical” e deve agradar muito o público brasileiro.

O tom lembra muito o verde-limão da Kawasaki (não é igual, a cor símbolo da Kawa é patenteada), mas é menos chamativo e, particularmente, achei mais bonito justamente por ser mais discreto. Mas isso vai de gosto de cada um.

A única curiosidade é que essa cor já está à venda, mas a Triumph não divulgou em nenhum meio de informação. Não fez apresentação oficial, não colocou em suas redes sociais, não tem em seu hotsite, não entrou em contato com a imprensa… Nada! Só é possível descobrir ao entrar no site de revenda oficial e procurar especificações do produto, então aparece o Cosmic Green em opções de cores.

Estranho… De qualquer forma, bonito. Você gostou? Comente aí.

Até a próxima.

Triumph pretende crescer no Brasil e vender 2.500 unidades

terça-feira, abril 16th, 2013

16-04-2013-1

Amigos das duas rodas, você já conhece a Triumph. Porém ela só chegou de verdade no Brasil em novembro do ano passado. O que os ingleses não esperavam é que suas motocas já são muito bem quistas por aqui e a procura pelos modelos impressionou a própria montadora.

Por isso a empresa decidiu acelerar sua expansão no Brasil e pretende vender 2.500 unidades em 2013 (antes, eles acreditavam que 2.00 seria uma meta e tanto).

Com os bons resultados, a marca já prometeu trazer a Daytona 675 e a Speed Triple modelos 2014 em julho para serem montadas aqui na fábrica de Manaus. E mais, já se preparam para aumentar e bem a família de modelos, que atualmente conta com seis motos diferentes (entre elas, um dos meus sonhos de consumo, a Boneville T100).

“Começamos a operar no final do ano passado com seis modelos, mas até 2014 a linha Triumph no Brasil será composta por 15 modelos de motocicletas, ampliando ainda mais as opções para o nosso público”, conta Marcelo Silva, gerente geral da Triumph Motorcycles Brazil.

Além disso, o número de revendedoras oficiais será ampliado de uma (em São Paulo, aberta em 2012) para onze ainda em 2013! Porto Alegre e Ribeirão Preto já tiveram suas concessionárias abertas semana passada.

Os brasileiros gostaram mesmo das belas motos de três cilindros inglesas.

Qual dos modelos da Triumph é o seu preferido?

Até a próxima.

“Reagindo” à Harley, Triumph apresenta versões especiais da Bonneville e da Speed Triple

segunda-feira, março 4th, 2013

04-03-2013-1

Há pouco tempo mostramos as edições lindas que a Harley-Davidson apresentou de suas motos para Portugal e Espanha. Quase como reação, a inglesa Triumph apresentou versões para duas de suas motos: a Bonneville e a Speed Triple.

A mudanças são basicamente estéticas. A clássica Bonneville recebeu pintura vermelha e preta fosca. Os piscas foram para baixo dos faróis (na versão original, são paralelos) e os retrovisores abandonaram o cromado para receber acabamento em preto. O quadro da bela motocicleta também passou a ser vermelho.

A naked de apelo esportivo, Speed Triple, ganhou um belo acabamento em azul. O perímetro das rodas também ganharam frisos azuis e a moto ainda tem detalhes em fibra de carbono, dando mais esportividade e sofisticação ao modelo.

No Brasil, a Triumph trabalha com subsidiária desde 2012 e não confirmou a chegada desses modelos. A Speed Triple vendida aqui é a original e a Bonneville é a versão T100, mas clássica e desejada da família.

Será quem vem? Veja aí e diga se curtiu.

Até a próxima, motoqueiros.