Posts Tagged ‘veloz’

MotoCzysz E1pc - Rápida e ecológica

quinta-feira, junho 11th, 2009

motoczysz-e1pc

A lendária corrida do Tourist Trophy, na Ilha de Man, Reino Unido, nunca mais será a mesma. No próximo dia 12, a prova contará com uma nova categoria para motocicletas elétricas: a TTXGP. E uma das concorrentes será uma esportiva com o nome quase impronunciável de MotoCzysz E1pc.

Desenvolvida nos Estados Unidos, máquina recebeu o apelido de “D1g1tal Superbike”. Graças a três baterias, a motocicleta é capaz de atingir cerca de 200 km/h em 8s. Desse modo, a aceleração da MotoCzysz é comparável a de uma 1000.

Iniciativas como esta do Tourist Trophy podem traçar uma ideia de como as motos serão no futuro. Ecologicamente correta, a esportiva elétrica mostra como é possível unir velocidade e respeito ao meio-ambiente.

Outra característica interessante da motocicleta é o seu painel. A equipe de desenvolvimento utilizou um Iphone para mostrar a instrumentação da máquina.

Fonte: Terra

Benelli Café Racer 1130

quarta-feira, abril 22nd, 2009

beneelli-cafe-racer

Fundada na Itália, mas atualmente controlada pelo grupo chinês Qianjiang, a Benelli é representada no Brasil pelo Grupo Izzo.

As motos ainda fabricadas em Pesaro, no país da bota, e têm como marca registrada o design inusitado e os motores de três cilindros em linha. Com a Café Racer não é diferente.

Do conjunto óptico dianteiro à grande ponteira única de escape, o modelo surpreende por suas linhas ousadas e diferentes de tudo que já se viu.

A inspiração café racer aparece nos dois semiguidões de alumínio, que têm os retrovisores montados na extremidade, e também no banco monoposto.

Antes de acelerar a Café Racer 1130, vale analisar as linhas que parecem saídas de um filme de ficção científica. O conjunto óptico é dominado pelos faróis e traz uma pequena cobertura para desviar o vento frontal.

Na lateral, destacam-se as aletas que trazem embutidos os piscas e dois ventiladores do sistema de refrigeração líquida. O quadro de aço em treliça envolve o motor. E a traseira dessa Benelli termina em duas luzes de freio, uma de cada lado da grande e única ponteira de escape.benelli-cafe-racer2

Outra peça que chama a atenção é a mesa que sustenta os dois semiguidões. Para destacar a época de ouro do motociclismo britânico, a Café Racer está disponível apenas na cor dourada.

Depois de admirar o desenho inusitado, é hora de acordar o motor de arquitetura também diferenciada. São três cilindros paralelos, como nas inglesas Triumph, quatro válvulas por cilindro e duplo eixo de comando no cabeçote (DOHC) com refrigeração líquida.

Ficha Técnica:

Motor: 1.130 cm³, três cilindros em linha, quatro válvulas por cilindros, DOHC com refrigeração líquida.
Diâmetro e curso: 88×62 mm. Taxa de compressão: 11,2:1.
Potência: 137 cv a 9.500 rpm.
Torque: 11,2 kgfm a 7.750 rpm.
Alimentação: Injeção eletrônica com três corpos de aceleração de 53 mm de diâmetro.
Transmissão: Embreagem em banho de óleo, com câmbio de seis marchas e transmissão final por corrente.
Ciclística: Quadro de aço em treliça desmontável com sub-quadro em liga de alumínio.
Suspensão: Dianteira por garfo telescópico invertido com bengalas de 43 mm de diâmetro, totalmente ajustável, com curso de 120 mm. Traseira por balança em treliça monoamortecida, totalmente ajustável com curso de 120 mm.
Freios: Dois discos de 320 mm de diâmetro com pinça de quatro pistões na dianteira. Disco simples de 240 mm de diâmetro e pinça de dois pistões na traseira.
Pneus: Dunlop Sportmax 120/70-ZR17 na dianteira e 190/50-ZR17 na traseira.
Dimensões: 2.128 mm de comprimento; 750 mm de largura; 1.050 mm de altura; 820 mm de altura do assento; 1443 mm de entre-eixos.
Peso: 208 kg a seco.
Tanque: 16 litros.

Preço: R$ 68.900.

Fonte: Infomoto

Kawasaki Ninja ZX-10R modelo 2009

quinta-feira, abril 2nd, 2009

A Kawasaki Motores do Brasil, que aportou oficialmente em terras nacionais no ano passado, acaba de apresentar mais uma novidade.Trata-se do modelo 2009 da Ninja ZX-10R, que foi adaptada especialmente para nosso país.

De acordo com a montadora, a esportiva recebeu um tratamento especial para enquadrar-se a Promot3 (Programa de Controle da Poluição do Ar por Motociclos e Veículos Similares) e adequar-se aos combustíveis brasileiros.

O trabalho demorou cerca de um ano e foi realizado no Japão, país onde a Ninja é produzida.

As especificações técnicas da supermáquina são dignas de respeito:

Um motor tetracilíndrico de 998 cm³, a ZX-10R é capaz de alcançar 188 cv a 12 500 rpm.

O torque máximo é de 11,5 kgfm a 8 700 rpm.

Esses números a tornam uma das superbikes mais potentes do mundo e entrará na briga com Yamaha YZF-R1, Suzuki GSX-R 1000 e Honda CBR 1000 RR - líderes de mercado.

A Ninja ZX-10R está disponível em três cores: preto, laranja e a tradicional verde. O preço público sugerido pela Kawasaki do Brasil é de R$ 58 900 sem o frete incluso.

Fonte: Terra

Ducati planeja moto dragster

segunda-feira, março 30th, 2009

Sempre apresentando as novidades do mundo das motos, o blog apresenta nesta segunda o projeto da Ducati: a Vyper, uma moto dragster.A Vyper teria motor de 1400 cm³ capaz de alcançar 170 cv de potência

Uma máquina com visual totalmente novo e um propulsor de causar arrepios. Essa combinação pode estar prestes a “sair do forno” da fábrica da Ducati.

Apesar de a marca italiana negar, fontes do portal Terra na Europa confirmam que um protótipo de uma motocicleta maxi dragster está a caminho.

Recebendo o nome de Vyper, a moto “musculosa” viria para brigar no mercado com a Yamaha V-Max e a Harley-Davidson V-Rod.

Para realizar tal feito, a motocicleta seria equipada com propulsor bicilíndrico Testastretta de 1 400 cm³. Esse número proporcionaria um torque impressionante e chegaria a, no mínimo, 170 cv.

O chassi utilizado é o tradicional multitubular da Ducati. Outro detalhe interessante é a larga roda traseira, remetendo a um dragster.

Por enquanto é tudo especulação, mas eu não duvidaria. E vocês? Acha que vale a pena a montadora criar esta máquina?

Fonte: Terra