Posts Tagged ‘Yamaha Factor’

Factor 2014 vem em versão mais “pelada” para baixar o preço

terça-feira, junho 25th, 2013

25-06-2013-11

Que o mercado de motos zero está em declínio, todos já notaram. Principalmente das motos mais vendidas e de baixa cilindrada. O mercado de média e alta cilindrada vai bem, obrigado.

Mas pensando objetivamente, o que move as montadoras no Brasil é a moto do dia a dia. Por isso a Yamaha decidiu trazer uma versão ainda mais pelada da Factor, sua pequena moto de rua.

Nomeada de K1, essa nova versão parte de R$5.390, são R$500 reais abaixo da versão de entrada atual.

Porém ela perdeu itens de série. Não que a Factor tenha muitos, mas…

A moto não tem cavalete central e nem relógio de combustível. O acabamento ficou mais básico. Obviamente ela segue sem injeção eletrônica (mesmo que o carburador seja praticamente inadmissível hoje em dia, se a ideia é baratear…).

Da mesma forma, nada de partida elétrica: é no pedal. Freios a disco também não estão inclusos, tambor na dianteira e traseira.

Segundo a montadora, os R$500 mais baratos que a versão anterior garantem emplacamento e documentação e este seria o principal diferencial. Mesmo com um modelo tão básico, beirando o rudimentar, a procura é grande.

Isso revela duas coisas que já sabemos. Primeiro, a moto no Brasil deve atender antes a relação custo-benefício daqueles que a usam todos os dias e não daqueles que a usam por lazer. Segundo, veículos por aqui são caros que só!

Até a próxima.

Valentino Rossi no Brasil para divulgar a Yamaha Factor

quarta-feira, março 20th, 2013

20-03-2013-1

É, amigo motoqueiro, aprece que a Yamaha está apostando pesado na nova Factor. Tanto que trouxe o multicampeão Valentino Rossi para ajudar a divulga-la.

A Factor é bem diferente das supermotos que Valentino costuma pilotar: é uma 125 cc “utilitária”, segundo a própria empresa. Trocando em miúdos, uma moto para o uso cotidiano na cidade. E pra isso, ela é boa mesmo.

Bem humorado, o piloto italiano comentou: “Nos últimos dias me falaram que, para rodar em São Paulo, só de helicóptero ou de moto”, sobre o trânsito na cidade. E complementou: ”A moto é uma boa solução para o trânsito, mas é necessário tomar cuidado. É necessário ficar atento às portas dos carros, se alguém abrir quando estiver passando”. Rossi fala do assunto com propriedade, afinal utiliza motos fora das pistas também.

A grande aposta da Yamaha para essa pequena moto é o preço mais baixo que de sua versão anterior, porém sem perder (e nem ganhar) nenhum dispositivo de série. Há ainda uma versão “basicona” que a montadora chama de “versão de entrada para novos motociclistas”.

Vamos ver se toda aposta da Yamaha vai trazer resultados ainda em 2013 num segmento completamente dominado pela Honda.

Até a próxima.

Chega a nova geração da Yamaha Factor com poucas e boas mudanças

segunda-feira, março 18th, 2013

18-03-2013-1

Amigo motoqueiro que usa a moto no dia a dia, uma boa noticia para você. A Yamaha apresentou a nova geração da Factor com pequenas mudanças, principalmente no visual.

O desenho do tanque, mesmo que pareça idêntico, está menos angulado e a lateral recebe apenas a inscrição “Yamaha”. O painel de controle recebeu mostradores com fundo branco no lugar dos de fundo preto anteriores.

O escapamento é novo. Continua preto fosco para todas as cores, novo conjunto é mais estreito e traz um novo protetor térmico redesenhado e com cortes maiores para melhorar a dissipação de calor. O para-lama dianteiro também ganhou novo desenho. A peça é mais longa e protege uma área maior do pneu dianteiro, além de se encaixar de forma mais harmônica nas bengalas.

Em suma, a moto está mais charmosa e harmoniosa.

O motor continua o mesmo, exatamente igual (puxão de orelha: não recebeu injeção eletrônica): monocilíndrico de 125 cc, comando único no cabeço e refrigerado a ar. Portanto, potência e torque estão inalterados.

O sistema antivibração continua presente e os freios são exatamente os mesmo.

A melhor inovação vem agora: a Factor está mais barata e parte desde R$5.390. Outra estratégia de olho no bolso do consumidor é o plano de manutenção com preço fixo. Segundo a marca, as sete primeiras revisões terão preços entre R$ 21 e R$ 116 e serão realizadas quando a motocicleta completar 1.000, 3.000, 6.000, 12.000, 15.000 e 18.000 quilômetros rodados.

Apesar de não mudar o motor e nem colocar uma injeção eletrônica, a Yamaha tem tudo para vender ainda mais a Factor (em 2012, foi a sexta moto mais vendida do país), facilitando as condições para o consumidor.

Parece que andaram lendo o blog…

Até a próxima.

18-03-2013-2

Novo painel

Yamaha Factor “Timão”

segunda-feira, abril 12th, 2010

yamaha-factortimao

Se o Corinthians não ganhar nenhum título neste ano em que comemora 100 anos de existência, pelo menos o torcedor terá um lindo “troféu” para levar para casa. Trata-se da Factor YBR 125 comemorativa ao centenário do Corinthians.

O modelo tem as características e desempenho praticamente iguais ao modelo “não comemorativo”, ocorrendo apenas uma mudança. yamahatimaotanque

Para tornar o preço mais acessível, a moto do coringão perdeu a injeção de combustível, ganhando no lugar um carburador Mikuni BS 25 com acionamento do segundo estágio a vácuo e válvula solenóide de “cut-off”.

Se no desempenho ela não apresenta grandes diferenças, no design ela demonstra ser especial.

A série limitada em 1.000 unidades tem em sua “roupagem” o escudo atual do time no tanque de combustível e o primeiro distintivo da equipe (Corinthians Paulista) na tampa lateral. Há ainda a inscrição Sport Club Corinthians Paulista / 100 anos na base do assento.

A máquina já está a venda e tem preço sugerido de R$ 6.988.

Fonte: Infomoto